Novo lote de até R$ 1.100 do Abono salarial PIS/Pasep sai em duas semanas

Com o reajuste do salário mínimo que entrou em vigor em 1º de janeiro, o valor do abono do PIS / Pasep também mudou.

Cada trabalhador pode receber no máximo um salário mínimo mensal, o que significa que o benefício máximo atual é de R $ 1.100.

Em 2020, o salário máximo pago pelo PIS / Pasep foi de R $ 1.045, o que equivale ao salário mínimo que vigorará até dezembro. O reajuste também alterou o valor mínimo recebido por cada um, que passou a ser de R $ 91,66.

O tempo trabalhado no ano anterior determina o valor do subsídio isento de cada trabalhador.

Quem pode receber o abono PIS/PASEP?

O benefício é concedido a um funcionário que atenda às seguintes condições:

  • Trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias em 2018 e/ou 2019;
  • Recebeu até dois salários mínimos, em média, por mês;
  • Está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; e
  • A empresa onde trabalhava informou os dados corretamente no sistema do governo.

Calendário de saques do PIS 2020/2021

Os pagamentos obedecem a um cronograma que leva em consideração o mês de nascimento do cidadão titular do PIS (empregado de empresa privada) ou o número de inscrição no Pasep (governamental).

O calendário ativo agora começou em julho de 2020 e irá até junho de 2021. Verifique abaixo quando os próximos pagamentos serão lançados:

  • A partir de 11 de fevereiro de 2021 – nascidos em março
  • A partir de 11 de fevereiro de 2021 – nascidos em abril
  • A partir de 17 de março de 2021 – nascidos em maio
  • A partir de 17 de março de 2021 – nascidos em junho

Canais de atendimento

Se tiver alguma dúvida ou quiser saber se tem direito ao complemento salarial do PIS / PASEP, contate um dos seguintes canais de atendimento:

  • Trabalhador de empresa privada – PIS: Aplicativo Caixa Trabalhado, site www.caixa.gov.br/PIS ou telefone 0800 726 0207
  • Servidor público – Pasep: Telefones da Central de Atendimento do Banco do Brasil: 4004-0001 (capitais e regiões metropolitanas); 0800 729 0001 (demais cidades) e 0800 729 0088 (deficientes auditivos).

Veja mais: Antecipação do 13º salário do INSS 2021: Veja quando vai ser liberado

%d blogueiros gostam disto: