Pular para o conteúdo

Novo pagamento do Bolsa Família liberado pelo governo nesta sexta-feira (28)

Bolsa Família

O Bolsa Família beneficiou mais um grupo com o repasse padrão de julho no valor de R$ 600, que é o principal auxílio do governo no combate à fome e à desigualdade no país.

Além desse valor fixo para todas as famílias cadastradas, o benefício pode incluir pagamentos adicionais.

Hoje, sexta-feira (28), estão recebendo os inscritos com o NIS final 9 (Número de Identificação Social). Eles recebem o valor de R$ 600 mais os seguintes adicionais:

  • R$ 150 para crianças de até seis anos com caderneta de vacinação atualizada;
  • R$ 50 para gestantes e lactantes com exame nutricional ou pré-natal em dia;
  • R$ 50 para adolescentes entre 12 e 18 anos matriculados em escolas de ensino básico.

Vale destacar que este é o penúltimo pagamento do Bolsa Família neste mês de julho. O último grupo contemplado será aquele com NIS terminado em 0, recebendo na próxima segunda-feira (31).

Todos os beneficiários que já receberam o auxílio podem movimentar o valor no Caixa Tem, o aplicativo da Caixa responsável por realizar os repasses dos programas sociais.

E o Bolsa Família de agosto? Entenda

Em agosto, o Bolsa Família continua mantendo o mesmo valor padrão para seus beneficiários. Contudo, trazemos uma ótima notícia: o retorno do Vale-gás!

Agora, o benefício corresponderá a 100% do valor médio do gás de cozinha de 13kg, e os beneficiários poderão sacá-lo.

Esse benefício será concedido juntamente com o pagamento regular do Bolsa Família, nas mesmas datas habituais. Confira:

NIS final 1: 18 de agosto;
NIS final 2: 21 de agosto;
NIS final 3: 22 de agosto;
NIS final 4: 23 de agosto;
NIS final 5: 24 de agosto;
NIS final 6: 25 de agosto;
NIS final 7: 28 de agosto;
NIS final 8: 29 de agosto;
NIS final 9: 30 de agosto;
NIS final 0: 31 de agosto

Essa iniciativa visa auxiliar ainda mais as famílias em situação de vulnerabilidade, garantindo o acesso ao gás de cozinha, um recurso essencial para o bem-estar e a qualidade de vida dos beneficiários do programa.

Aproveite essa oportunidade e faça bom uso desse importante apoio do governo federal. Em caso de dúvidas, procure mais informações nos canais oficiais do Bolsa Família.

Governo paga penúltima parcela do Bolsa Família nesta sexta-feira: Beneficiários do NIS 8 são contemplados

O Vale-gás é uma iniciativa do governo que visa auxiliar as famílias beneficiárias do Bolsa Família a terem acesso ao gás de cozinha, um item essencial para o preparo de alimentos e o funcionamento adequado das cozinhas nas residências.

Esse benefício foi retomado em agosto, trazendo uma importante ajuda para as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Anteriormente, o Vale-gás correspondia a uma porcentagem do valor médio do gás de cozinha, mas agora o benefício passou a ser de 100% do preço médio do botijão de 13 kg.

Isso significa que as famílias poderão receber o valor integral necessário para adquirir o botijão de gás, aliviando um pouco os gastos com as despesas domésticas.

A inclusão do Vale-gás junto ao pagamento regular do Bolsa Família é uma medida que facilita o acesso ao benefício, garantindo que as famílias recebam o apoio necessário de forma mais prática e ágil.

Dessa forma, os beneficiários poderão utilizar o valor para adquirir o gás de cozinha nas mesmas datas em que recebem o benefício do Bolsa Família, sem a necessidade de ir a outro local ou realizar procedimentos adicionais para obter o Vale-gás.

Essa ação demonstra o compromisso do governo em buscar soluções para mitigar as dificuldades enfrentadas pelas famílias de baixa renda, especialmente em relação às necessidades básicas como o fornecimento de gás para a preparação de alimentos.

O Vale-gás, somado ao auxílio regular do Bolsa Família, contribui para a melhoria da qualidade de vida dessas famílias, proporcionando maior dignidade e bem-estar.

É importante ressaltar que, para mais informações sobre o Vale-gás e outros benefícios do programa Bolsa Família, os beneficiários devem buscar orientações nos canais oficiais do programa ou em órgãos governamentais responsáveis.

Além disso, é fundamental que o programa seja acompanhado de políticas e programas complementares que promovam o desenvolvimento econômico e social das famílias, buscando a construção de um futuro mais próspero e igualitário para todos.