Pular para o conteúdo

Novo pente-fino do Auxílio Brasil pode cortar vários beneficiários

  • por
Novo pente-fino do Auxílio Brasil

As famílias cadastradas no Auxílio Brasil passarão por uma revisão do benefício. Atualmente, o público-alvo do esquema são as famílias de baixa renda cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico), mas aquelas que estão fora das faixas de renda pré-determinadas serão excluídas do esquema.

De acordo com o Ministério da Cidadania, um pente fino, chamado de “targeting”, visa excluir quem não segue as regras do programa. Para receber o abono, a família deve estar em situação de pobreza ou extrema pobreza, com renda por pessoa (por pessoa) de até R$ 210 por mês.

Para os emancipados, ou seja, quando um membro da família consegue um emprego ou a renda familiar aumenta, o valor máximo permitido é de R$ 525 por pessoa.

Início do pente-fino do Auxílio Brasil

O pente Auxílio Brasil teve início no primeiro dia de setembro, após a publicação de portarias normativas no Diário Oficial da União. A partir deste mês, três novos órgãos públicos passarão a ser analisados, denominados Categoria 4, Categoria 5 e Categoria 6.

As metas foram criadas por meio de um decreto emitido em fevereiro. Essas regras exigem a verificação periódica das informações dos domicílios elegíveis ao Auxílio Brasil e cadastrados no CadÚnico. Quem estiver fora das regras não receberá mais o dinheiro.

Quais categorias estão sendo analisadas?

A quarta categoria, baseada na cidadania, são as famílias que foram submetidas ao Pente Fina no primeiro semestre e não têm direito ao benefício, mas retornaram ao Kadunico. As pessoas em Benefício de Prestação Continuada (BPC) também pertencem a este grupo.

Para as famílias do Public Five, elas devem renovar sua inscrição em setembro ou seus benefícios serão congelados por pelo menos dois meses ou eliminados definitivamente em dezembro.

No final, seis dos espectadores eram famílias com dados inconsistentes ou Kadunico falho. Nesse caso, é necessário atualizar o arquivo e o pagamento só poderá ser devolvido após a conclusão da liquidação pendente.

Além do Auxílio Brasil, o pente fino do governo também valerá para os beneficiários do vale-combustível.