Pular para o conteúdo

O Bolsa Família começa a ser pago com novo adicional, trazendo alegria aos beneficiários

  • por
Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal deu início ao pagamento da parcela de junho do novo Bolsa Família nesta segunda-feira (19).

Os beneficiários com Número de Inscrição Social (NIS) finalizado em 1 serão os primeiros a receber. Essa será a primeira parcela a incluir o novo adicional de R$ 50 destinado a famílias com gestantes e crianças entre 7 e 18 anos.

Desde março, o Bolsa Família já estava concedendo um adicional de R$ 150 para famílias com crianças de até 6 anos.

Com a adição desse novo complemento, o valor total do benefício pode chegar a R$ 900 para aqueles que se qualificarem para receber ambos os adicionais.

O valor mínimo do benefício é de R$ 600, mas com as novas adições, o valor médio do benefício será maior e alcançará o patamar mais alto da história do programa.

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social afirmou que a criação do adicional é a última modificação prevista no programa, cuja implementação foi concluída neste mês.

Retorno do Bolsa Família

Desde o início do ano, o programa social voltou a ser denominado Bolsa Família. O valor mínimo de R$ 600 foi assegurado após a aprovação da Emenda Constitucional da Transição, que permitiu a utilização de até R$ 145 bilhões fora do teto de gastos neste ano, sendo que R$ 70 bilhões são destinados ao custeio do benefício.

O pagamento do adicional de R$ 150 teve início em março, após o governo realizar uma revisão minuciosa no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), com o objetivo de eliminar fraudes.

Segundo o balanço mais recente, divulgado em abril, aproximadamente 2,7 milhões de pessoas com inconsistências no cadastro tiveram seus benefícios suspensos.

Apesar da suspensão, foi concedido um prazo de 60 dias para que cerca de 1,2 milhão de pessoas que se cadastraram como famílias unipessoais no segundo semestre do ano passado regularizem sua situação e comprovem os requisitos para retornar ao programa.

A principal regra é que a renda mensal per capita da família seja de até R$ 218, calculada pela divisão da renda total pelo número de membros da família.

Pagamento do Auxilio Gás

No formato tradicional do Bolsa Família, o pagamento ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês. Os beneficiários podem consultar informações sobre os dados de pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas por meio do aplicativo Caixa Tem, utilizado para acompanhar as contas de poupança digital do banco.

Além disso, nesta segunda-feira, o Auxílio Gás também será pago às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com NIS final 1.

Embora o valor ainda não tenha sido divulgado, espera-se que seja menor do que os R$ 110 pagos em abril, devido às recentes reduções no preço do botijão.

Bolsa Família com Valor Turbinado: Duas Antecipações Confirmadas

O Bolsa Família é um programa social de grande relevância no Brasil, que visa combater a pobreza e promover a inclusão social de famílias em situação de vulnerabilidade.

Ele oferece auxílio financeiro mensal para essas famílias, com o intuito de garantir o acesso a direitos básicos, como alimentação, saúde e educação.

No formato tradicional do programa, o pagamento do benefício ocorre nos últimos dez dias úteis de cada mês.

Os beneficiários podem acompanhar informações sobre o pagamento, o valor do benefício e a composição das parcelas através do aplicativo Caixa Tem, que é utilizado para gerenciar as contas de poupança digital do banco.

Além do Bolsa Família, também é importante mencionar o Auxílio Gás. Essa é uma iniciativa que visa auxiliar as famílias de baixa renda a arcarem com o custo do botijão de gás de cozinha, um item essencial para o preparo dos alimentos.

O pagamento do Auxílio Gás é destinado às famílias inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e é realizado juntamente com o benefício do Bolsa Família.

No entanto, é importante ressaltar que o valor do Auxílio Gás pode variar e não foi divulgado ainda para o período atual.

Espera-se que seja menor do que os R$ 110 pagos em abril, devido às recentes reduções no preço do botijão de gás.

Essas iniciativas do Bolsa Família e do Auxílio Gás têm um impacto significativo na vida das famílias beneficiadas, proporcionando um suporte financeiro fundamental para suprir suas necessidades básicas.

O governo continua empenhado em fortalecer esses programas sociais, visando reduzir as desigualdades e promover a inclusão social em todo o país.