O FGTS efetua pagamentos adicionais de até R $ 2.900; Veja se você tem o direito

Para alguns trabalhadores nova modalidade de saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), conhecida como saque-aniversário, ainda está disponível para alguns trabalhadores.

O cronograma de liberação do valor é determinado pelo mês de nascimento do beneficiário que terá direito a um valor que varia conforme o saldo acumulado.

Os saques podem ser feitos até o último dia útil do segundo mês posterior ao do depósito do valor.

Adicional de até R$ 2.900

Ao ingressar na modalidade, o trabalhador receberá um percentual sobre o valor total do saldo do FGTS. É possível agregar uma parte adicional com valor entre R $ 50 e R $ 2.900.

Contas com saldo inferior a R $ 500 têm taxa de saque de 50% (sem parcelamento), enquanto contas com saldo maior que R $ 20.000 têm taxa de saque de 5% (sem parcelamento).

Para ser mais claro, vejamos um exemplo: se o trabalhador tem 1.045 reais em todos os saldos do FGTS, ele pode sacar 30% do valor total mais parcelas de 150 reais, então ele tem direito ao valor total de R$ 570.

A conta para atingir esse resultado foi a seguinte: R $ 1.400 x 30% = R $ 420 + adicional R $ 150 = R $ 570.

Tabela de alíquota

A Caixa Econômica Federal publicou uma tabela  para melhor ilustrar os valores a que os trabalhadores podem ter acesso. Veja abaixo:

Limites das faixas de saldo Alíquota Parcela adicional
até R$500 50%
de R$500,01 até R$1.000 40% R$50
de R$1.000,01 até R$5.000 30% R$150
de R$5.000,01 até R$10.000 20% R$650
de R$10.000,01 até R$15.000 15% R$1.150
de R$15.000,01 até R$20.000 10% R$1.900
acima de R$20.000,01 5% R$2.900

Em caso de dúvida sobre o valor a ser recebido no pagamento do aniversário, o beneficiário pode simular a adesão à modalidade por meio do site oficial da Caixa ou do aplicativo FGTS.

Em abril de 2020, o banco publicou um calendário oficial com as datas de sua retirada de aniversário. Os pagamentos começaram logo após a conclusão da retirada imediata, que terminou em 31 de março.

Veja abaixo as datas de depósito dos valores:

  • Janeiro e fevereiro: saques de abril a junho de 2020;
  • Março e abril: saques de maio a julho de 2020;
  • Maio e junho: saques de junho a agosto de 2020;
  • Julho: saques de julho a setembro de 2020;
  • Agosto: saques de agosto a outubro de 2020;
  • Setembro: saques de setembro a novembro de 2020;
  • Outubro: saques de outubro a dezembro de 2020;
  • Novembro: saques de novembro de 2020 a janeiro de 2021;
  • Dezembro: saques dezembro de 2020 a fevereiro de 2021.

Mais informações sobre o saque adicional do FGTS

O desempregado pode sacar o dinheiro, desde que tenha saldo disponível na sua conta inativa.

Além disso, em caso de dispensa sem justa causa, o acesso para retirada do FGTS fica bloqueado pelo prazo de dois anos.

Os trabalhadores com contas que não recebem mais depósitos (chamados de contas inativas) não receberão mais retiradas de aniversário após concluir a retirada de todos os saldos das contas.

Por fim, vale lembrar que a fonte de recursos para o pagamento do aniversário são os saldos das contas ativas e inativas, e a modalidade leva em consideração a soma de todos os valores a serem apurados para os pagamentos.

%d blogueiros gostam disto: