Pular para o conteúdo

Atualizações nos Pagamentos do Bolsa Família 2024

  • por
Pagamentos Retroativos

Uma nova etapa de pagamentos do Bolsa Família está agendada para começar em 16 de fevereiro, destinada inicialmente aos beneficiários cujos Números de Identificação Social (NIS) terminam em 1.

Parcelas Ampliadas para Famílias Numerosas:

O programa não apenas proporcionará a parcela básica de R$ 600, mas também incluirá valores individuais de R$ 142, além de benefícios suplementares de R$ 50 e R$ 150.

Benefício de Renda de Cidadania:

Através do Benefício de Renda de Cidadania, cada membro da família, sem considerar a idade, receberá o repasse de R$ 142, o que resultará em parcelas mais substanciais para famílias com um grande número de integrantes.

Pagamentos Específicos:

Essa estrutura de pagamento implica que famílias com seis pessoas, por exemplo, receberão um depósito total de R$ 852. Esses valores adicionais proporcionam um suporte financeiro mais significativo para os beneficiários do Bolsa Família.

  • Famílias com 4 pessoas ou menos: R$ 600;
  • Famílias com 5 pessoas: R$ 710;
  • Famílias com 6 pessoas: R$ 852;
  • Famílias compostas por 7 pessoas: R$ 994;
  • Famílias compostas por 8 pessoas: R$ 1.136;
  • Famílias com 9 pessoas: R$ 1.278;
  • Famílias compostas por 10 pessoas: R$ 1.420.

Calendário de pagamento do Bolsa Família em fevereiro

O pagamento do Bolsa Família em 2024 é creditado na conta Caixa Tem nos últimos 10 dias úteis de cada mês, de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) do responsável familiar.

A seguir, o calendário completo:

Data NIS final
16/02 1
19/02 2
20/02 3
21/02 4
22/02 5
23/02 6
24/02 7
25/02 8
26/02 9
27/02 0

O valor do benefício é de R$ 600 para todas as famílias beneficiárias, com acréscimos de R$ 150 para famílias com crianças de até 6 anos, R$ 50 para famílias com gestantes e R$ 50 para famílias com crianças de 7 a 17 anos ou recém-nascidos de até 6 meses.

Para consultar as datas de pagamento do Bolsa Família, as famílias beneficiárias podem acessar o aplicativo do programa ou entrar em contato com a Caixa Econômica Federal.

Para receber o Bolsa Família em 2024, é necessário atender aos seguintes requisitos:

  • Renda mensal per capita de até R$ 218,00. A renda per capita é calculada dividindo-se a renda total da família pelo número de pessoas que a compõem.
  • Estar cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O CadÚnico é um registro que reúne informações sobre as famílias brasileiras de baixa renda.
  • Comprovar frequência escolar das crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. As crianças e adolescentes de 6 a 17 anos devem estar matriculados na escola e frequentando as aulas regularmente.
  • Realizar acompanhamento de saúde de crianças e gestantes. As crianças de 0 a 6 anos e as gestantes devem ser acompanhadas pela rede de saúde pública.

Além desses requisitos, a família também deve cumprir com as regras estabelecidas pelo programa.

Essas regras incluem:

  • Manter os dados atualizados no CadÚnico. As famílias devem informar ao governo qualquer alteração nos seus dados pessoais ou familiares.
  • Participar de ações e programas de assistência social. As famílias podem ser convidadas a participar de ações e programas de assistência social, como cursos profissionalizantes, atividades culturais e esportivas.

Os benefícios do Bolsa Família são pagos mensalmente por meio da Caixa Econômica Federal. O valor do benefício varia de acordo com a composição familiar e a renda per capita.

Como receber o vale Gás?

Sim, para receber o Auxílio Gás, que agora se chama Programa Auxílio Gás dos Brasileiros (PAGB), existem alguns procedimentos que você precisa seguir.

Requisitos básicos:

  • Estar inscrito no Cadastro Único (CadÚnico) com renda familiar mensal per capita igual ou inferior a meio salário mínimo nacional (R$ 622,00 em 2024);
  • Não ser membro de família que receba outro benefício do governo federal que garanta renda familiar mensal per capita superior a meio salário mínimo nacional (R$ 622,00 em 2024);
  • Manter os dados do CadÚnico atualizados.

Formas de inscrição:

  • Automaticamente: Se você já está inscrito no CadÚnico e atende aos requisitos, você não precisa fazer nada. O governo federal fará a análise e, se aprovado, você receberá o Auxílio Gás automaticamente.

  • Manualmente: Se você ainda não está inscrito no CadÚnico, você pode se inscrever manualmente em um dos seguintes locais:

    • Centro de Referência de Assistência Social (CRAS)
    • Prefeitura Municipal
    • Postos de atendimento do CadÚnico

Documentos necessários:

  • Documento de identidade com foto
  • CPF
  • Comprovante de residência
  • Certidão de nascimento ou casamento
  • Carteira de trabalho
  • Outros documentos que comprovem renda familiar

Como consultar o status do seu pedido:

  • Aplicativo Caixa Tem
  • Site da Caixa Econômica Federal
  • Telefone 111

Valor do benefício:

O valor do Auxílio Gás é de R$ 120,00 a cada dois meses, equivalente a 50% da média nacional do preço do botijão de gás de 13 kg.

Pagamento:

O pagamento do Auxílio Gás é feito através da Caixa Econômica Federal. O crédito é feito em um cartão social, que pode ser usado para sacar o dinheiro ou comprar gás de cozinha em lojas credenciadas.

Período de pagamento:

O Auxílio Gás é pago a cada dois meses, de acordo com o calendário de pagamento do Bolsa Família.

Dúvidas:

  • Telefone 111

Importante:

  • O Auxílio Gás é um programa temporário. O governo federal ainda não definiu por quanto tempo o programa será mantido.
  • O valor do benefício também pode ser alterado pelo governo federal.

Fique atento:

  • Não forneça seus dados pessoais a ninguém.
  • Cuidado com golpes.
  • Só faça a inscrição no CadÚnico em locais oficiais.

A inscrição no Bolsa Família é gratuita e não é necessário pagar nenhum valor para participar do programa.