×

Últimas parcelas do Bolsa Família e Auxílio Gás são distribuídas hoje (22); confira os beneficiários

Novo modelo de pagamento do Bolsa Família: atenção à primeira infância e exigências para continuidade

Últimas parcelas do Bolsa Família e Auxílio Gás são distribuídas hoje (22); confira os beneficiários

Nesta sexta-feira (22), ocorrerá o último pagamento de benefícios do Bolsa Família e Auxílio Gás em 2023, destinado a uma parcela específica de beneficiários.

Esse auxílio financeiro, concedido pelo Governo Federal através do Caixa Tem, é fundamental para amparar cidadãos brasileiros em situação de vulnerabilidade, garantindo-lhes acesso a necessidades básicas.

Últimas parcelas do Bolsa Família e Auxílio Gás são distribuídas hoje (22); confira os beneficiários

Novo modelo de pagamento do Bolsa Família: atenção à primeira infância e exigências para continuidade

O calendário de depósitos, que teve início em 11 de dezembro, está sendo executado de forma organizada ao longo de dez dias úteis, distribuindo os pagamentos conforme o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário.

Portanto, é importante verificar se você está entre os contemplados para receber o Bolsa Família e o Auxílio Gás hoje (22).

Segue abaixo o cronograma de depósitos para dezembro:

  • NIS final 1: 11 de dezembro;
  • NIS final 2: 12 de dezembro;
  • NIS final 3: 13 de dezembro;
  • NIS final 4: 14 de dezembro;
  • NIS final 5: 15 de dezembro;
  • NIS final 6: 18 de dezembro;
  • NIS final 7: 19 de dezembro;
  • NIS final 8: 20 de dezembro;
  • NIS final 9: 21 de dezembro;
  • NIS final 0: 22 de dezembro.

Dessa forma, os beneficiários com NIS final 0 receberão nesta sexta-feira (22) os valores correspondentes ao Bolsa Família e ao Auxílio Gás.

Portanto, é essencial ficar atento à disponibilidade dos recursos em suas contas do Caixa Tem (Android e iOS) hoje (22), conforme a programação estabelecida.

Quanto aos valores dos repasses, estes variam de acordo com os componentes do programa Bolsa Família. O Benefício Complementar assegura um mínimo de R$ 600 por família cadastrada, podendo haver incrementos por meio de auxílios suplementares.

Há também benefícios específicos para crianças, adolescentes, gestantes e lactantes, como o Benefício Primeira Infância, o Benefício Variável Familiar e o Benefício Variável Familiar Nutriz.

Além disso, o Auxílio Gás, retomado neste mês, adiciona o valor fixo de R$ 104 aos beneficiários do Bolsa Família, ampliando o montante total do pagamento.

Como consultar o Calendário de Pagamento do Bolsa Família

Além do auxílio financeiro oferecido pelo Bolsa Família e do Auxílio Gás, é importante ressaltar a diversidade de benefícios destinados a diferentes segmentos da população em situação de vulnerabilidade.

O programa Bolsa Família, por exemplo, visa proporcionar uma rede de proteção social abrangente, com o Benefício Complementar garantindo um suporte financeiro mínimo de R$ 600 por família cadastrada.

Destacando a preocupação com a primeira infância, o Benefício Primeira Infância contribui com R$ 150 para crianças de até 6 anos, visando o desenvolvimento saudável nessa fase crucial.

Para crianças e adolescentes entre 7 e 18 anos, gestantes e lactantes no grupo familiar, o Benefício Variável Familiar disponibiliza R$ 50 por beneficiário.

Outro aspecto relevante é o Benefício Variável Familiar Nutriz, que destina R$ 50 por membro da família com até sete meses de idade, reforçando o apoio às necessidades específicas dos mais jovens.

Essa abordagem diferenciada visa garantir que cada grupo populacional receba a atenção e o suporte financeiro necessário para seu bem-estar.

Neste mês, o Auxílio Gás foi retomado, agregando um valor fixo de R$ 104 aos beneficiários do Bolsa Família. Esse adicional tem como objetivo auxiliar as famílias a cobrirem os custos relacionados ao gás de cozinha, proporcionando um alívio financeiro adicional em um item essencial para o lar.

Portanto, ao receber os valores nesta sexta-feira (22), os beneficiários não apenas têm a oportunidade de suprir suas necessidades básicas imediatas, mas também contam com um suporte financeiro diversificado, direcionado para as particularidades de cada grupo familiar.

Esses programas são parte essencial do compromisso do Governo Federal em mitigar as desigualdades sociais e promover o bem-estar da população mais necessitada.

Acesse: Meu Bolsa Família