Pente-fino no Bolsa Família: Vai usar novo sistema de Varredura

Pente-fino no Bolsa Família

Nas últimas semanas, o governo Lula anunciou uma série de medidas em relação ao Bolsa Família. Entre eles, temos o pente-fino, que será realizado entre fevereiro e março, com o objetivo de eliminar registros irregulares. Além disso, uma novidade foi anunciada no último domingo (15), um novo sistema de busca ativa de usuários.

O objetivo do governo é garantir os interesses de quem realmente precisa, já que o ex-presidente deixou um patrimônio de cerca de 10 milhões registrado irregularmente.

Espere que todo o processo ocorra entre fevereiro e março, durante um pente fino. Dessa forma, o novo Bolsa Família deve começar a pagar em março, já com uma parcela adicional de R$ 150.

Pagamento do Bolsa Família

Beneficiários recebem parcelas padrão do Auxílio Brasil de R$ 400 mais R$ 200. O aplicativo Caixa Tem ainda é a principal forma de receber parcelas.

Para sacar fundos, o beneficiário deve seguir os passos abaixo:

  • Abra o aplicativo Caixa Tem, disponível para IOS e Android;
  • Vá em “Entrar”;
  • Selecione a opção “Saque sem Cartão”;
  • Clique em “Gerar código para saque”;
  • Digite sua senha;
  • Digite o código numérico no caixa eletrônico ou na lotérica.

Calendário de pagamento Bolsa Família em janeiro

O calendário de janeiro está detalhado a seguir:

NIS FINAL DATA DE PAGAMENTO
1 18/01
2 19/01
3 20/01
4 23/01
5 24/01
6 25/01
7 26/01
8 27/01
9 30/01
0 31/01

Novo programa vai definir quem ganha R$ 150 a mais no Bolsa Família

No último domingo (15), o ministro do Desenvolvimento Social, Wellington Dias, anunciou no Twitter que um novo cronograma será realizado. A novidade está no projeto ativo de captação de novos beneficiários no Bolsa Família. Mais detalhes serão esclarecidos nas próximas semanas.

Num vídeo publicado no Twitter, o ministro explicou que o novo sistema foi desenvolvido em colaboração com as autoridades locais. A principal meta do governo Lula é estender o Bolsa Família a quem realmente precisa. Cerca de 10 milhões de registros foram invalidados durante o governo Bolsonaro.

Além disso, o sistema deve ter um aplicativo para identificar esses domicílios. Os detalhes não foram totalmente revelados, mas espera-se que sejam divulgados nos próximos meses. Segundo o ministro, a partir de março os beneficiários do Bolsa Família já receberão um novo plano e parcelas adicionais de 150 reais.

Quem tem direito ao Bolsa Família em janeiro?

Para garantir que a parcela de janeiro do Bolsa Família ainda seja paga como Auxílio Brasil, a família deve estar cadastrada no Cadastro Único. Devem também atender aos requisitos estabelecidos para situações de pobreza e extrema pobreza.

Sendo eles:

  • Pobreza: renda familiar per capita entre R$ 105,1 e R$ 210 e possuir filhos, jovens menores de 21 anos e/ou gestantes na estrutura familiar.
  • Pobreza extrema: renda familiar per capita de R$ 105.

Novas regras do Bolsa Família

Os dados dos beneficiários cadastrados no Cadastro Único (CadÚnico) serão transferidos automaticamente do Auxílio Brasil para o Bolsa Família.

No entanto, novas políticas serão adicionadas após a conclusão da mudança. Os critérios que podem bloquear o benefício estão listados abaixo:

  • Não atualização de carteira de vacinação;
  • Não ter o comprovante matricular para as crianças;
  • Não realizar o acompanhamento de pré-natal;
  • Não realizar o acompanhamento de mães que amamentam;
  • Não realizar o acompanhamento de campanhas socioeducativas para crianças em situação de trabalho infantil.
%d blogueiros gostam disto: