Prova de vida do INSS: veja quando volta a obrigatoriedade

Prova de vida: o que fazer quando se perde o prazo final

A Prova de Vida é uma espécie de dispositivo do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que visa prevenir fraudes. A ideia é que o segurado vá ao banco onde recebe o benefício para comprovar que está vivo. Aqueles que não cumprem o prazo passam pela suspensão do beneficio e não recebem mais dinheiro.

Poucos meses após a dispensa da prova de vida devido à pandemia, o INSS decidiu retirar essa obrigação. Eles lançaram um novo calendário com novos prazos para as pessoas seguirem e não deixarão de receber benefícios. Acontece que mesmo diante de tantos avisos e lembretes, muitas pessoas ainda perdem essas datas.

Quando o prazo para realização do processo é perdido, a pessoa ainda pode recuperar os benefícios. No entanto, você precisa prestar atenção às regras. A interrupção do serviço é dividida em três etapas. Bloquear, pausar e cancelar. Quanto mais longo o período, mais próximo o cidadão está dessa fase final, que também é o mais importante a se resolver.

Se a conta de um cidadão for bloqueada ou suspensa, a situação é um pouco mais simples. Basta ir ao banco, onde receberá dinheiro para a aposentadoria. Lá ele poderá provar que está vivo mesmo se atrasado, e logo depois reativa seu registro. Pelo menos é o que diz o INSS.

Veja mais: Entenda o motivo que o 14º salário não será pago aos aposentados do INSS

Agora, se a conta desse cidadão for cancelada, ele terá que planejar o processo de reativação dos serviços do próprio Instituto. Para isso, ele deve ligar para a prefeitura local no número 135. Também pode agendar pelo app Meu INSS. Então ele terá que ter seu CPF e dados de acesso.

Encontro presencial

O grande problema é que não há como escapar de uma reunião presencial. Exceto nos casos em que algumas pessoas podem fazer uma prova digital de vida, todas as outras devem ir a um banco para concluir este procedimento. Pelo menos essa é a ideia.

Portanto, o ideal é não perder essa prova de vida. Afinal, a perda do subsídio pode ser evitada justamente quando o custo de vida no país está aumentando. Os analistas aconselham que é melhor evitar dores de cabeça neste momento.

Também é importante lembrar que você não precisa esperar até o mês de vencimento para realizar este procedimento. Basta ir ao banco onde você recebeu seus benefícios e concluir o processo. Certifique-se de ligar para sua agência bancária com antecedência para saber mais sobre o horário de funcionamento desta nova pandemia de coronavírus.

Prova de vida

Segundo o próprio INSS, ainda existem cerca de 7 milhões de pessoas no Brasil que precisam obter prova de vida. Essas são pessoas que não experimentam esse procedimento há meses.

Quem deve fazer a crença na vida entre agosto e setembro do ano passado não poderá fazer esse processo até o dia 30 de setembro deste ano. Quem não conseguir completar antes desse prazo será imediatamente congelado na conta.

Para saber em que mês o certificado de vida expirou no ano passado, você deve entrar em contato com o banco onde recebeu o dinheiro. Isso ocorre porque cada instituição financeira tem seus próprios regulamentos a esse respeito.

%d blogueiros gostam disto: