×

Quem ganha 2 salários mínimos vai pagar quanto de imposto de renda em 2024?

Imposto de Renda

Quem ganha 2 salários mínimos vai pagar quanto de imposto de renda em 2024?

Imposto de Renda

Você sabia que quem ganha dois salários mínimos vai pagar imposto de renda em 2024? Isso mesmo, a partir deste ano, a faixa de isenção do IR foi reduzida e passou a abranger apenas quem ganha até R$ 1.903,98 por mês.

Quem ganha acima desse valor, mesmo que seja apenas dois salários mínimos, terá que declarar e pagar o imposto.

Mas por que isso aconteceu? Como calcular o valor do imposto? Quais são as deduções possíveis? E como fazer a declaração? Neste artigo, vamos responder a essas e outras perguntas sobre o imposto de renda para quem ganha dois salários mínimos.

Acompanhe!

O que é o imposto de renda?

O imposto de renda é um tributo cobrado pelo governo federal sobre os rendimentos das pessoas físicas e jurídicas. Ou seja, é uma parte do dinheiro que você recebe que vai para os cofres públicos.

O objetivo do imposto de renda é arrecadar recursos para financiar as despesas do governo com saúde, educação, segurança, infraestrutura e outros serviços públicos.

Além disso, o imposto de renda também tem uma função social, pois busca reduzir as desigualdades entre os contribuintes, cobrando mais de quem ganha mais e menos de quem ganha menos.

Quem deve pagar o imposto de renda?

De acordo com a legislação vigente, devem pagar o imposto de renda as pessoas físicas que se enquadram em pelo menos uma das seguintes situações:

  • Receberam rendimentos tributáveis (como salários, aluguéis, pensões, aposentadorias, etc.) acima do limite de isenção, que em 2024 é de R$ 1.903,98 por mês ou R$ 22.847,76 por ano;
  • Receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte (como juros de poupança, indenizações, doações, etc.) acima de R$ 40 mil no ano;
  • Obtiveram ganho de capital na venda de bens ou direitos ou realizaram operações na bolsa de valores;
  • Tiveram receita bruta superior a R$ 142.798,50 com atividade rural ou pretendem compensar prejuízos de anos anteriores;
  • Possuíam, em 31 de dezembro de 2023, bens ou direitos com valor total superior a R$ 300 mil.

Se você se encaixa em alguma dessas situações, você deve fazer a declaração do imposto de renda até o dia 30 de abril de 2024, por meio do programa da Receita Federal, disponível no site 1. Caso você não faça a declaração ou faça fora do prazo, você estará sujeito a multas e penalidades.

Como calcular o imposto de renda?

O cálculo do imposto de renda depende de vários fatores, como o tipo de rendimento, as deduções, as alíquotas e a forma de tributação. Mas, de forma simplificada, podemos seguir os seguintes passos:

  • Somar todos os rendimentos tributáveis recebidos no ano, como salários, aluguéis, pensões, aposentadorias, etc.;
  • Subtrair as deduções permitidas, como dependentes, educação, saúde, previdência, etc.;
  • Aplicar a alíquota correspondente à faixa de renda, conforme a tabela do imposto de renda;
  • Subtrair o valor do imposto retido na fonte, se houver.

O resultado dessa conta é o valor do imposto de renda devido ou a restituir. Se o valor for positivo, significa que você deve pagar o imposto. Se o valor for negativo, significa que você tem direito a receber a restituição.

Qual é a tabela do imposto de renda?

A tabela do imposto de renda é o instrumento que define as faixas de renda e as alíquotas aplicáveis a cada uma delas. A tabela do imposto de renda é atualizada periodicamente pelo governo, mas nem sempre acompanha a inflação, o que faz com que mais pessoas paguem o imposto ou paguem mais imposto.

Em 2024, a tabela do imposto de renda é a seguinte:

Faixa de renda mensal Alíquota Parcela a deduzir
Até R$ 1.903,98 Isento
De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 7,5% R$ 142,80
De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05 15% R$ 354,80
De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 22,5% R$ 636,13
Acima de R$ 4.664,68 27,5% R$ 869,36

Para entender como funciona a tabela, vamos fazer um exemplo. Suponha que você ganhe dois salários mínimos por mês, ou seja, R$ 2.824,00 em 2024.

Nesse caso, você se enquadra na segunda faixa da tabela, que tem alíquota de 7,5% e parcela a deduzir de R$ 142,80. Então, o cálculo do imposto de renda mensal seria:

  • R$ 2.824,00 x 7,5% = R$ 211,80
  • R$ 211,80 – R$ 142,80 = R$ 69,00

Ou seja, você teria que pagar R$ 69,00 de imposto de renda por mês, o que corresponde a 2,44% do seu salário. No ano, o valor total do imposto seria de R$ 828,00.

Quais são as deduções possíveis?

As deduções são os valores que você pode abater da sua renda tributável, reduzindo assim o valor do imposto de renda. As deduções variam de acordo com a forma de tributação escolhida: simplificada ou completa.

Na forma simplificada, você tem direito a um desconto padrão de 20% sobre a sua renda tributável, limitado a R$ 16.754,34. Essa opção é vantajosa para quem não tem muitas despesas dedutíveis ou não tem os comprovantes dessas despesas.

Na forma completa, você pode deduzir as despesas que se enquadram nas seguintes categorias:

  • Dependentes: você pode deduzir R$ 2.275,08 por dependente, desde que ele se enquadre nas condições estabelecidas pela Receita Federal, como cônjuge, filhos, pais, etc.;
  • Educação: você pode deduzir até R$ 3.561,50 por ano com despesas com educação própria ou de dependentes, desde que sejam referentes à educação infantil, ensino fundamental, médio ou superior;
  • Saúde: você pode deduzir integralmente as despesas com saúde própria ou de dependentes, desde que sejam com médicos, dentistas, psicólogos, fisioterapeutas, hospitais, planos de saúde, etc.;
  • Previdência: você pode deduzir as contribuições para a previdência social (INSS) e para a previdência privada (PGBL), desde que o valor não ultrapasse 12% da sua renda tributável;
  • Livro-caixa: você pode deduzir as despesas escrituradas em livro-caixa, se você for profissional autônomo e tiver recebido rendimentos do trabalho não assalariado;
  • Pensão alimentícia: você pode deduzir integralmente os valores pagos a título de pensão alimentícia, desde que decorrentes de decisão judicial ou acordo homologado;
  • Doações: você pode deduzir até 6% do imposto devido as doações feitas a entidades beneficentes ou projetos culturais, esportivos ou sociais, desde que sejam incentivados pelo governo.

Ok, vou continuar o artigo sobre o imposto de renda para quem ganha dois salários mínimos.

Veja a seguir:

Como fazer a declaração do imposto de renda?

Para fazer a declaração do imposto de renda, você deve baixar o programa da Receita Federal no site 1 ou usar o aplicativo Meu Imposto de Renda, disponível para Android e iOS.

Você também pode optar pelo serviço online Declaração IRPF 2024, que permite preencher e enviar a declaração diretamente pelo site da Receita Federal, sem precisar instalar o programa.

Ao acessar o programa, o aplicativo ou o serviço online, você deve informar os seus dados pessoais, como nome, CPF, endereço, profissão, etc. Em seguida, você deve escolher a forma de tributação: simplificada ou completa.

Depois, você deve informar os seus rendimentos tributáveis, isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, bem como as suas deduções, se for o caso.

Você também deve informar os seus bens e direitos, as suas dívidas e ônus, os seus pagamentos e doações, e as suas informações gerais.

Ao finalizar o preenchimento, você deve verificar se há alguma pendência ou inconsistência na sua declaração. Se tudo estiver correto, você deve transmitir a sua declaração pela internet, usando um código de acesso ou um certificado digital.

Você receberá um recibo de entrega, que deve ser guardado para comprovar a sua situação perante a Receita Federal.

Como consultar o status da declaração do imposto de renda?

Após enviar a sua declaração, você pode consultar o status da sua declaração no site da Receita Federal, no aplicativo Meu Imposto de Renda ou no serviço online Extrato da DIRPF. Você deve informar o seu CPF, o ano da declaração e o número do recibo de entrega.

Ao consultar o status da sua declaração, você pode verificar se ela foi processada, se há alguma pendência ou se ela caiu na malha fina. Você também pode verificar se você tem imposto a pagar ou a restituir, e qual a data prevista para o pagamento ou o recebimento.

Como pagar ou receber o imposto de renda?

Se você tiver imposto a pagar, você deve emitir o Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF) pelo programa da Receita Federal, pelo aplicativo Meu Imposto de Renda ou pelo serviço online Pagamento do IRPF.

Você pode pagar o imposto em até oito parcelas mensais, desde que cada parcela não seja inferior a R$ 50,00. A primeira parcela ou a parcela única deve ser paga até o dia 30 de abril de 2024, e as demais parcelas até o último dia útil de cada mês, acrescidas de juros.

Se você tiver imposto a restituir, você deve informar na sua declaração os dados da sua conta bancária para receber o crédito. Você pode optar por receber a restituição em uma única parcela ou em até sete parcelas mensais, de acordo com o cronograma de lotes definido pela Receita Federal.

O primeiro lote será pago em maio de 2024 e o último em novembro de 2024. A restituição será corrigida pela taxa Selic.

Conclusão

Neste artigo, você aprendeu sobre o imposto de renda para quem ganha dois salários mínimos. Você viu que quem ganha esse valor terá que declarar e pagar o imposto em 2024, devido à redução da faixa de isenção.

Você também viu como calcular o valor do imposto, quais são as deduções possíveis, como fazer a declaração, como consultar o status da declaração e como pagar ou receber o imposto.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você e que você possa cumprir as suas obrigações fiscais com tranquilidade. Se você tiver alguma dúvida ou sugestão, deixe um comentário abaixo. E se você gostou deste artigo, compartilhe com os seus amigos nas redes sociais.