Revisão de benefício do INSS: veja quem pode e como fazer

Você que é segurado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pode solicitar a revisão do benefício, pois a análise do processo pode resultar no aumento do valor pago ao segurado.

O prazo para solicitação de revisão do benefício do INSS termina 10 anos após o primeiro pagamento dos benefícios.

Portanto, aposentados e pensionistas que tenham interesse em iniciar o processo de revisão devem estar atentos ao prazo de inscrição.

Revisão do INSS

Para os aposentados e pensionistas que receberam a primeira parcela antes de dezembro de 2011, o prazo para revisão do benefícios do INSS agora é 2022.

Portanto, as pessoas dentro deste período têm apenas esta oportunidade de solicitar revisão.

Embora seja possível solicitar a revisão dos benefícios pagos pelo INSS, os interessados ​​precisam ter um motivo real. Por exemplo, o valor pago pelos benefícios ou mesmo o tipo de benefícios que a pessoa recebeu.

Ou seja, se o beneficiário se aposentar por idade e posteriormente descobrir que tem o direito de se aposentar por antiguidade, desde que possa comprovar tudo isso, pode solicitar a revisão.

Segundo o INSS, existem mais de 20 motivos para o pedido de revisão dos benefícios pagos pelo instituto.

Portanto, quanto mais disputas o segurado tiver antes de solicitar a revisão de benefícios, melhores serão suas chances de obter a aprovação da revisão.

Assim que seu pedido for feito, se a revisão for aprovada, o aumento do benefício irá variar de caso para caso. Portanto, é necessário calcular sua nova renda mensal inicial do INSS para saber quanto você passará a receber.

Mas cuidado. Certifique-se de verificar seus benefícios antes de solicitar o INSS. Em alguns casos, se forem encontrados defeitos, o benefício pode até ser diminuído.

Além disso, embora o prazo para apresentação do pedido de revisão seja de até 10 anos, para quem deseja receber os valores retroativamente, o prazo é menor: até 5 anos. Portanto, a solicitação de revisão deve ser feita o mais rápido possível.

O pedido de revisão pode ser feito por meio do site do INSS ou por meio de processos judiciais.

%d blogueiros gostam disto: