Saiba se sobrou dinheiro para você receber do auxílio emergencial

Tem dúvidas se recebeu todas as prestações que deveria receber do auxilio emergencial?

Para que os beneficiários tenham certeza de que retiraram todo o dinheiro devido, o governo federal fornece um passo a passo que permite verificar se há dinheiro para receber.

Para efetuar a busca, é necessário informar seu nome completo, data de nascimento e o nome da mãe do beneficiário que recebe o auxilio.

Portanto, basta acessar uma das duas páginas abertas pelo governo para preencher os dados:

Este é o mesmo canal utilizado para consultar os resultados da análise do auxilio emergencial em 2020.

Vale ressaltar que tanto computadores quanto dispositivos móveis (como smartphones e tablets, sistemas Android e iOS) podem acessar esses dois sites.

Embora o pagamento do depósito da Poupança Social Digital tenha sido finalizado em 29 de dezembro, existe uma chance de que os beneficiários que questionaram ou bloquearam seu registro ainda tenham uma parte do restante a receber.

As cinco parcelas iniciais foram de R $ 600 e as quatro últimas parcelas foram de R $ 300.

Saques em 2021

No caso improvável de o governo não conseguir estender os pagamentos de ajuda devido à segunda onda de pandemias, janeiro é o prazo final para pagamentos do beneficio emergencial.

No primeiro mês de 2021, o calendário divulgado pela Caixa Econômica Federal permite saques em dez datas diferentes.

Tanto o saque como a transferência de dinheiro para outras contas bancárias devem ser informados através do aplicativo Caixa Tem, é necessário gerar um código e podem ser utilizados em caixas eletrônicos sem a necessidade de cartão.

Todos os procedimentos no Caixa Tem são gratuitos e lá você pode pagar suas contas  sem sair de casa como luz, água e telefone.

Veja abaixo o calendário do auxílio para janeiro :

  • 4 de janeiro de 2021: nascidos em março
  • 6 de janeiro de 2021: nascidos em abril
  • 11 de janeiro de 2021: nascidos em maio
  • 13 de janeiro de 2021: nascidos em junho
  • 15 de janeiro de 2021: nascidos em julho
  • 18 de janeiro de 2021: nascidos em agosto
  • 20 de janeiro de 2021: nascidos em setembro
  • 22 de janeiro de 2021: nascidos em outubro
  • 25 de janeiro de 2021: nascidos em novembro
  • 27 de janeiro de 2021: nascidos em dezembro

Veja mais: Bolsa Família: Veja previsão do governo para o valor do programa em 2021

%d blogueiros gostam disto: