PIS/Pasep 2019

Saiba se você tem direito a sacar PIS/Pasep 2019 em março

Uma boa notícia para quem trabalhou de carteira assinada no ano de 2019, é que você poderá pedir o saque do abono salarial PIS/Pasep do ano-base 2019 a partir de 31 de março.

De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência Social, mais de 320 mil pessoas não sacaram o abono salarial do PIS/Pasep referente ao ano-base de 2019. Além disso, o empregado tinha que receber até dois salários mínimos por mês.

O valor muda de acordo com o tempo trabalhado. Se uma pessoa trabalhou o ano todo, ela recebe o salário mínimo. Se trabalhou um mês, ganha proporcionalmente: 1/12 do mínimo. A partir de 31 de março, o funcionário poderá comparecer pessoalmente em uma das unidades de atendimento com documento oficial com foto.

Veja Mais:

Segundo o Ministério do Trabalho, é necessário interpor recurso administrativo para que o abono salarial seja remetido às instituições financeiras pagantes (Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal). Os endereços dos serviços estão disponíveis no site do Ministério do Trabalho. O valor “esquecido” é de R$ 208,5 milhões do complemento de PIS/Pasep referente ao ano-base 2019.

Quem pode sacar o abono salarial do PIS/Pasep?

Os requisitos são os seguintes:

  • Quem trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano de referência;
  • Ganhou, no máximo, dois salários mínimos por mês, em média;
  • Está inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos;
  • É imperativo que a empresa para a qual você trabalhou informe corretamente os dados ao governo.

Você pode verificar o site do governo federal ou o cartão de emprego digital para descobrir se é elegível para um salário. Outra rota é pela Central do Alô Trabalhador no telefone 158.

%d blogueiros gostam disto: