Pular para o conteúdo

Saque do Bolsa Família sofre mudanças com o uso do novo cartão

  • por
Saque do Bolsa Família
O Bolsa Família é um programa social criado pelo governo federal para ajudar as famílias mais necessitadas do país. Com o objetivo de ampliar o acesso dessas famílias aos benefícios e serviços públicos, o governo lançou recentemente um novo cartão para o programa. Nesse artigo, vamos explicar as principais mudanças e como elas afetam o saque do benefício.

O que mudou com o novo cartão?

Com o novo cartão, houve algumas alterações importantes no saque do benefício. Algumas dessas mudanças incluem:

  • Limite de saque mensal: Antes, as famílias podiam sacar o valor total do benefício a cada mês. Agora, o limite de saque foi reduzido para o valor mensal mais o valor acumulado dos três meses anteriores.
  • Valor mínimo de saque: Além do limite de saque mensal, foi implementado um valor mínimo de saque, que é de R$ 50,00 por mês.
  • Pagamento por transferência eletrônica: Antes, as famílias só podiam sacar o benefício em caixas eletrônicos. Agora, é possível fazer o pagamento por transferência eletrônica diretamente para a conta bancária da família.

Por que essas mudanças foram implementadas?

A implementação dessas mudanças tem como objetivo aprimorar o acesso das famílias aos benefícios e serviços públicos e aumentar a segurança no saque do benefício.

Além disso, o novo cartão permite uma gestão mais eficiente do programa, facilitando a verificação de irregularidades e aumentando a transparência no processo de pagamento.

Como as famílias são afetadas pelas mudanças?

As mudanças no saque do benefício podem afetar as famílias de diferentes maneiras. Algumas poderão enfrentar dificuldades para sacar o valor total do benefício, já que houve uma redução no limite de saque mensal. Outras, no entanto, poderão se beneficiar com a possibilidade de fazer o pagamento por transferência eletrônica.

Repasses do Bolsa Família em fevereiro

Este mês, as famílias que recebem o Bolsa Família terão acesso ao benefício, e aquelas que têm direito ao Auxílio Gás também receberão o valor repassado conjuntamente.

A liberação dos valores continua baseada no último dígito do NIS (Número de Identificação Social) e as parcelas podem ser acessadas através do aplicativo Caixa Tem. Fique atento às datas de depósito deste mês:

  • NIS de final 1 recebe no dia 13 de fevereiro (com antecipação no sábado 11/02);
  • NIS de final 2 recebe no dia 14 de fevereiro;
  • NIS de final 3 recebe no dia 15 de fevereiro;
  • NIS de final 4 recebe no dia 16 de fevereiro;
  • NIS de final 5 recebe no dia 17 de fevereiro;
  • NIS de final 6 recebe no dia 22 de fevereiro (com antecipação para o sábado 18/02);
  • NIS de final 7 recebe no dia 23 de fevereiro;
  • NIS de final 8 recebe no dia 24 de fevereiro;
  • NIS de final 9: dia 27 de fevereiro (antecipado para o sábado 25/02);
  • NIS de final 0 recebe no dia 28 de fevereiro.