Saques do FGTS de até R$ 1.100 devem ser liberados em 2021; veja se você tem direito!

O governo federal deve liberar um novo lote de pagamentos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em 2021.

A iniciativa foi criada no ano passado para responder à nova pandemia de coronavírus no país e deve se estender até este ano.

Se mantiver o formato utilizado em 2020, o valor do saque não deve ultrapassar R $ 1.100, valor exigido pelo novo salário mínimo nacional. Não há informações sobre quando um novo pagamento será feito.

Para liberar o recolhimento do FGTS em janeiro, é preciso primeiro analisar o cenário do país, segundo um dos elaboradores da medida.

O Ministério da Economia afirmou que há espaço para liberar recursos para comprometer a sustentabilidade do fundo.

No ano passado, os trabalhadores puderam sacar até 1.045 reais do saldo existente nas contas válidas e inválidas do FGTS. O governo planeja injetar 38 bilhões de reais na economia após a liberação das retiradas.

Porém, segundo a Caixa Econômica Federal, cerca de 7,9 bilhões de reais não foram sacados pelos contribuintes, e esse valor foi devolvido à conta original.

Como é feito o saque?

Os saques do FGTS podem ser feitos por meio de um aplicativo Android atualizado e gratuito. Em breve, também será lançada nova versão para IOS.

Dessa forma, o objetivo do governo é reduzir a necessidade de atendimento às agências da Caixa e evitar aglomeração que aumentariam o número de casos de vírus da córnea. “A partir de agora, o trabalhador não necessita ir a um ponto de atendimento físico para sacar seu recurso do FGTS”, disse o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Veja mais: Sebrae libera empréstimo de até R$ 20 mil para MEI a juro zero

%d blogueiros gostam disto: