Sua aposentadoria vem abaixo do esperado

Sua aposentadoria vem abaixo do esperado? Veja o motivo e o que fazer

A aposentadoria é o sonho de muitas pessoas, quando chega é um momento de muita alegria, mas muitas pessoas podem se sentir frustradas com a chegada desse sonho.

Como o cálculo da aposentadoria pode estar errado, o valor pode ser inferior ao valor esperado do INSS, mas você não é obrigado a aceitar esse valor de aposentadoria. Portanto, se isso acontecer, você precisa estar preparado.

Porque esses erros ocorrem?

  • Falhas no cálculo da aposentadoria

Um dos erros mais comuns é que o cálculo do prazo de cobrança falha, como se o INSS não considerasse o prazo de pagamento. Na verdade, o principal erro foi não lidar com as contribuições de alguns funcionários.

  • Cálculos feitos com base nas novas regras

Porém, também é possível calcular com base nas novas regras quando os trabalhadores têm direito de entrar nas regras antigas, mas considerando as reformas de 2019, o cálculo é o seguinte.

  • Falhas nas revisões

Quando a revisão do benefício não é concluída automaticamente, a pensão também pode ser menor do que o esperado.

O que fazer?

Se você achar que o cálculo da pensão está incorreto e o valor é menor do que o esperado, você pode entrar com um processo. Nesse caso, a melhor ação é não usar o benefício, pois essa ação indicará que você aceitou o valor.

Quando levado à justiça, o valor será analisado de forma justa e correta. Portanto, quando o trabalhador ganha a carreira, o valor é corrigido e ele passa a aceitar o valor correto.

O que é a Carta de Concessão?

A carta de concessão é um documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) no momento do pedido de benefício. Esta carta é um registro que fornece todos os detalhes do seu benefício. Nele você encontrará:

  • Tipo de benefício (aposentadoria por idade, auxílio-doença, pensão por morte, etc.)
  • Número do processo que resultou na concessão do benefício
  • Relação de valores salariais que serviram de base para o cálculo do INSS
  • Memória de cálculos (declaração dos cálculos realizados para chegar ao valor do benefício)
  • Valor do benefício a ser recebido
  • Local de pagamento e rede bancária
  • Data do requerimento do benefício (é a data que conta para o recebimento de valores em atraso)
  • Data do agendamento e apresentação dos documentos
  • Início da vigência do benefício
  • Data de secessão (ou seja: o prazo previsto para o término do pagamento, quando o benefício for temporário).

Como consultar a carta?

Para visualizar a carta de concessão, você pode ligar para o escritório central no número 135, acessar o portal Meu INSS ou ir pessoalmente à instituição do instituto.

Se você deseja consultar pela Internet, siga as etapas abaixo:

  • Acesse o portal Meu INSS
  • Faça login (basta informar seu CPF e senha cadastrada no portal Gov.br)
  • Selecione a opção Carta de Concessão
  • Visualize e imprima o documento

INSS retorna Prova de vida a partir de janeiro de 2022

%d blogueiros gostam disto: