Empréstimo do Auxílio Brasil

Suspensão do Consignado do Auxílio Brasil tem data confirmada

No início de dezembro, a Caixa Econômica Federal deve suspender novamente as obras relacionadas ao empréstimo salarial para os beneficiários do programa Auxílio Brasil, já que se prepara para efetuar os pagamentos às famílias no último mês do ano.

Segundo a Caixa, o processo de fechamento da folha de pagamento do Auxílio Brasil envolveu a Dataprev, empresa de interseção de tecnologia e dados governamentais, o Ministério da Cidadania, responsável pelo programa de transferência de renda, e a própria Caixa, responsável pelo pagamento dos beneficiários.

Fruto deste extenso trabalho conjunto, o banco anunciou este mês uma moratória nos trabalhos relacionados com empréstimos para as duas primeiras semanas de novembro, tempo necessário para analisar e fechar os salários das famílias, e que esta moratória temporária será no início de dezembro.

Assim, os beneficiários que procuraram uma agência da Caixa no início de novembro ou tentaram assinar a folha de pagamento do Auxílio Brasil nas primeiras semanas do mês receberam a mensagem de que precisariam esperar até 14 de novembro, quando o trabalho relacionado ao crédito seria feito. 12 O mesmo deve acontecer em julho, os familiares precisam ficar atentos.

Empréstimo do Auxílio Brasil suspenso temporariamente em dezembro

Apesar da falta de informações, o empréstimo do Auxílio Brasil ainda está disponível para novas solicitações, porém as empresas que trabalham com o crédito (principalmente a Caixa) reduziram o processo de aprovação após a eleição, então você pode continuar solicitando, mas não há garantir que você receberá uma resposta positiva.

Para os beneficiários que solicitaram consignação e não obtiveram resposta, a orientação é continuar aguardando e, caso tenha passado muito tempo, trazer documentos pessoais à agência para maiores esclarecimentos. preparado para se comunicar com a Assistência em situações relacionadas a empréstimos.

Descontos indevidos do consignado do Auxílio Brasil

Algumas famílias relataram que não tinham empréstimo, mas haviam descontado as parcelas do Auxílio Brasil em novembro, caso em que o desconto foi considerado indevido e o Ministério da Cidadania informou ao banco responsável pelo desconto que deveria depositar o valor do contrato do beneficiário, você também pode solicitar o cancelamento da carta de crédito em até 7 dias, veja como fazer essa solicitação:

  • Primeiro, você precisa saber em qual banco o empréstimo foi contraído indevidamente, e essa informação pode ser obtida ligando para o Ministério da Cidadania no 121 e informando o CPF;
  • Em seguida, é necessário entrar em contato com o banco onde foi feito o empréstimo para reclamar o valor do empréstimo ou rescindir o contrato indevido, o que deve ser feito pela empresa;
  • No caso da Caixa, o banco informou que é preciso ir até a agência com documento de identidade com foto e CPF e pode solicitar o valor do crédito ou cancelar os abatimentos, mas somente em até 7 dias.

Nos casos em que a empresa não se dispuser a acatar pedido de cancelamento feito por beneficiário do Auxílio Brasil, o Ministério da Cidadania orienta que a impugnação seja feita no site consumer.gov.br  ou ligue 121 para mais informações e dicas.

Descontos do empréstimo no Auxílio Brasil novembro

No total, há três situações supostamente incorretas relacionadas aos descontos do empréstimo consignado Auxílio Brasil:

  • Na primeira situação, beneficiários que nunca haviam solicitado empréstimo consignado tiveram valores descontados referentes à parcela do empréstimo;
  • Na segunda situação, foram também deduzidos do valor da primeira prestação os beneficiários que solicitaram um empréstimo mas cujo pedido não foi aceite ou cujo pedido se encontra em análise;
  • E na terceira situação há beneficiários que receberam descontos neste mês, mas alegam que os contratos previam o desconto da primeira parcela apenas para dezembro.

O Ministério da Cidadania, procurado pela Folha de São Paulo, disse que todos os contratos fechados entre 10 de outubro e 1º de novembro terão os primeiros descontos na folha de pagamento do Auxílio Brasil para novembro, independentemente da data contratual. e a Caixa informou que não havia carência para desconto da primeira parcela do empréstimo consignado.

Portanto, com base na declaração do banco público e do ministério, pode-se entender que todos os contratos que são realizados em um mês devem ser descontados automaticamente no mês seguinte, portanto, atenção deve ser dada às famílias do Auxílio Brasil com esta situação, já que a data contratual é apenas a data máxima de pagamento das parcelas pelo beneficiário caso ele deixe de receber o benefício.

%d blogueiros gostam disto: