Pular para o conteúdo

Tabela do Bolsa Família: Sexta parcela do benefício é liberada pelo governo

Bolsa Família

O Bolsa Família de julho foi liberado desde a última terça-feira (18) para os beneficiários inscritos no Cadastro Único.

Além disso, os novos adicionais confirmados em junho também estão sendo pagos nesta rodada de depósitos. A seguir, apresentamos todos os detalhes do pagamento de hoje, dia 25.

Em primeiro lugar, informamos sobre as regras de participação do benefício neste mês. Para ter direito à parcela do programa, os beneficiários devem ter uma renda per capita mensal de até R$ 218 e manter o Cadastro Único atualizado.

Quanto aos valores, devido à aprovação da Medida Provisória nº 1.164, a parcela padrão do Bolsa Família está garantida em R$ 600.

Além disso, tivemos novidades referentes aos adicionais do programa.

Confira todos eles abaixo:

  1. Parcela padrão: valor mínimo de R$ 600;
  2. Benefício Primeira Infância: quantia adicional de R$ 150 para cada criança de até seis anos;
  3. Benefício Variável Familiar: um valor adicional de R$ 50 para lactantes, gestantes e jovens entre sete e dezoito anos incompletos;
  4. Benefício de Renda de Cidadania: libera uma parcela de R$ 142 por cada integrante do Bolsa Família até completar o valor de R$ 600, podendo exceder essa quantia caso existam mais integrantes.

Nesta terça-feira (25), os beneficiários do Bolsa Família de NIS 6 recebem suas parcelas.

O calendário está detalhado abaixo:

Dígito final do NIS Data
1 18/07
2 19/07
3 20/07
4 21/07
5 24/07 (liberado dia 22/07)
6 25/07
7 26/07
8 27/07
9 28/07
0 31/07 (liberado dia 29/07)

Saque do Bolsa Família liberado

Para garantir o acesso aos valores depositados em julho, o beneficiário do Bolsa Família possui diversas opções para fazer a consulta, sendo a mais prática através do aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e IOS.

Além disso, há outras formas de realizar a consulta, como por telefone ou diretamente em agências bancárias onde o dinheiro é depositado.

Confira o passo a passo para realizar o saque da parcela do benefício:

  1. Abra o aplicativo Caixa Tem;
  2. Selecione a opção “Entrar”;
  3. Escolha a opção “Saque sem Cartão”;
  4. Clique em “Gerar código para saque”;
  5. Digite sua senha;
  6. Informe o código numérico gerado no caixa eletrônico ou em uma lotérica.

Dessa forma, o beneficiário poderá ter acesso aos seus recursos de forma ágil e conveniente, garantindo a utilização adequada do Bolsa Família.

Bolsa Família: Excelente Novidade Confirmada para NIS com finais 5, 6, 7, 8 e 9

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda criado pelo Governo Federal em 2003, com o objetivo de combater a pobreza e a desigualdade social no Brasil.

Ele atende às famílias em situação de extrema pobreza e pobreza, que são identificadas por meio do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico).

O Cadastro Único é um banco de dados que reúne informações sobre as famílias de baixa renda do país.

É por meio desse cadastro que as famílias são selecionadas para receber o benefício do Bolsa Família, além de outros programas sociais do governo.

O valor do benefício varia de acordo com a composição familiar e a renda per capita das famílias. Existem diferentes tipos de benefícios dentro do programa, como a parcela básica, que é destinada a todas as famílias em situação de extrema pobreza, e as parcelas variáveis, que são destinadas a famílias que têm gestantes, lactantes, crianças e adolescentes em idade escolar.

O programa também possui um importante foco na área da educação e da saúde. As famílias beneficiárias são incentivadas a manter seus filhos na escola, cumprindo as condições de frequência escolar estabelecidas, e a realizar o acompanhamento das vacinas e do desenvolvimento infantil.

Além disso, o Bolsa Família tem contribuído para reduzir a taxa de extrema pobreza no país e tem sido reconhecido internacionalmente como uma das principais políticas públicas de inclusão social.

É importante destacar que o programa passou por diversas atualizações e aprimoramentos ao longo dos anos, buscando a eficiência na seleção dos beneficiários e aprimorando a gestão dos recursos para alcançar um maior impacto na vida das famílias mais vulneráveis.

O Bolsa Família, assim como outros programas sociais, desempenha um papel fundamental na luta contra a desigualdade e na promoção da cidadania, fornecendo apoio financeiro e incentivando a melhoria das condições de vida das famílias beneficiárias.