Pular para o conteúdo

Valor Médio do Bolsa Família em JULHO: Redução para R$ 684

Bolsa Família

A nova rodada de pagamentos do Programa Bolsa Família para o mês de julho teve início oficialmente na última terça-feira, dia 18. Em decorrência disso, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS), responsável pela gestão do programa, divulgou no início da semana os dados referentes a essa rodada.

De acordo com as informações divulgadas, o governo federal destinou R$ 14 bilhões neste mês para um público de 20,9 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade social.

Com isso, o valor médio repassado nesta rodada ficou em R$ 684,17, um montante menor em comparação com o mês anterior, quando 21,2 milhões de famílias receberam, em média, R$ 705,40.

Contudo, é fundamental lembrar que o valor médio é calculado simplesmente dividindo o montante gasto na rodada de pagamentos pelo número de beneficiários atendidos.

Portanto, ele serve apenas como uma estimativa aproximada do valor que cada família está recebendo, não representando a quantia exata sacada por cada beneficiário, já que algumas famílias podem ter recebido valores superiores ou inferiores a essa média.

Cancelamentos reduziram valor médio do Bolsa Família julho

A redução no valor médio pago pelo novo Programa Bolsa Família neste mês de julho pode ser explicada por dois motivos.

O primeiro deles foi a diminuição no número de famílias atendidas, que passou de 21,2 milhões em junho para 20,9 milhões neste mês. Consequentemente, o governo gastou menos nesta rodada, totalizando uma quantia inferior aos R$ 15 bilhões utilizados em junho para atender todas as famílias naquele período.

Com 341 mil famílias a menos recebendo nesta rodada e um gasto reduzido em pelo menos R$ 1 bilhão, o cálculo do valor médio do benefício foi impactado negativamente, resultando em uma redução média de R$ 21,23 em relação ao mês anterior.

É importante destacar que essa variação, embora pequena, é comum e costuma acontecer frequentemente entre as diferentes rodadas de pagamentos.

Nova regra contribuiu para queda do valor médio do Bolsa Família

Um segundo motivo que contribuiu para a redução do valor médio recebido pelos beneficiários do novo Programa Bolsa Família em julho foi a implementação da nova Regra de Proteção do programa.

Esta regra tem o efeito de reduzir pela metade o valor recebido por beneficiários que elevam sua renda e ultrapassam o limite de R$ 218 por pessoa.

Se a nova renda ainda estiver abaixo de R$ 660 por pessoa, a família permanece no programa, mas o benefício é reduzido em 50%.

Em junho, a Regra de Proteção já havia afetado a renda de mais de 720 mil famílias. No entanto, neste mês de julho, a renda das famílias passou a ser atualizada automaticamente devido à integração entre o Cadastro Único (CadÚnico) e o Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), que contém informações de renda de todos os brasileiros em seu banco de dados.

Com essa atualização, ficou mais fácil identificar grupos familiares com renda acima do limite permitido.

Como resultado, 1,46 milhão de novas famílias foram incluídas na Regra de Proteção e tiveram seus pagamentos reduzidos pela metade, elevando para 2,18 milhões o número total de famílias que receberam neste mês de julho apenas metade do benefício.

Conforme os dados do governo, o valor médio recebido pelas famílias beneficiárias da Regra de Proteção em julho foi de R$ 378,91.

Com um maior número de famílias recebendo valores menores do que R$ 600, é natural que o valor médio pago pelo Programa Bolsa Família no mês de julho também tenha sido um pouco menor em comparação com a última rodada.

Pagamentos do Bolsa Família de julho

Os pagamentos desta rodada, iniciados na última terça-feira, serão realizados até pelo menos o dia 31 de julho. As famílias beneficiárias receberão nas datas estabelecidas pelo seguinte cronograma:

  • NIS de final 1 – depósito na conta em 18 de junho;
  • NIS de final 2 – depósito na conta em 19 de julho;
  • NIS de final 3 – depósito na conta em 20 de julho;
  • NIS de final 4 – depósito na conta em 21 de julho;
  • NIS de final 5 – depósito na conta em 24 de julho (valores serão disponibilizados no sábado, dia 22/07);
  • NIS de final 6 – depósito na conta em 25 de julho;
  • NIS de final 7 – depósito na conta em 26 de julho;
  • NIS de final 8 – depósito na conta em 27 de julho;
  • NIS de final 9 – depósito na conta em 28 de julho;
  • NIS de final 0 – depósito na conta em 31 de julho (valores serão disponibilizados no sábado, dia 29/07)