Empréstimo Auxilio Brasil para negativados

Veja qual a renda máxima para pedir o empréstimo do Auxílio Brasil

O empréstimo do Auxílio Brasil sempre foi a esperança dos menos favorecidos da sociedade. É difícil para pessoas de baixa renda mensal conseguir empréstimos, embora as instituições financeiras habilitadas para a contratação de operações estejam fazendo análise de crédito.

Portanto, a opção de desconto em folha de pagamento pelo Auxílio Brasil é uma forma de proporcionar a esses cidadãos algumas opções de crédito.

Portanto, os empréstimos de ajuda são naturalmente concedidos apenas a quem tem direito a benefícios e que obteve a maior avaliação de renda feita pelo governo através do cadastro.

Dessa forma, os beneficiários que continuarem cumprindo suas regras podem solicitar crédito do programa social:

  • Estar em situação de extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 105, ou de pobreza, com renda mensal entre R$ 105,01 e R$ 210;
  • Ou em regra de emancipação – quando ultrapassaram o limite de renda, mas permanecem recebendo o benefício por mais algum tempo (no máximo, dois anos).

Se eu perder o direito ao Auxílio Brasil minha dívida é perdoada?

O empréstimo Auxílio Brasil foi criado para ajudar famílias beneficiárias socialmente desfavorecidas no acesso ao crédito. No entanto, se uma das famílias não receber o valor que o governo transfere mensalmente, a dívida ainda precisa ser paga.

Ou seja, quando alguém faz um contrato de empréstimo salarial com desconto do Auxílio Brasil, está se comprometendo com a instituição financeira que oferece esse desconto.

Se seus benefícios forem congelados, cancelados ou reduzidos, a dívida não desaparecerá ou será transferida para o governo mesmo que o programa social deixe de existir.

O que acontecerá é que o desconto oferecido automaticamente não poderá ser aplicado, mas se o contratante atrasar a parcela, como em qualquer outro empréstimo, serão cobrados juros e multas.

%d blogueiros gostam disto: