Veja quem precisa o acompanhamento OBRIGATÓRIO de saúde para não perder o Auxilio Brasil

acompanhamento OBRIGATÓRIO de saúde

É importante atualizar as informações do CadÚnico no Cadastro Único do Auxílio Brasil. Isso garantirá a elegibilidade para o recebimento do beneficio.

As famílias devem atender aos requisitos estabelecidos para serem consideradas em situação de pobreza e extrema pobreza. Além disso, muitas pessoas não sabem que o acompanhamento da saúde é necessário para continuar recebendo o Auxilio.

Fortaleza, capital do Ceará, apresenta-se como um dos maiores índices de descumprimento. Os beneficiários que precisam realizar o procedimento devem ficar atentos. Segundo o governo, a data de conclusão é 30 de dezembro.

O monitoramento obrigatório da saúde não é para todos. Aqueles que requerem este processo devem atender aos seguintes requisitos:

  • Atualização da caderneta de vacinação das crianças;
  • Acompanhamento das mulheres em idade fértil e do pré-natal das gestantes;
  • Famílias com crianças menores de sete anos;
  • Mulheres em idade fértil;
  • Gestantes e lactantes.
Veja como realizar o acompanhamento de saúde do Auxílio Brasil

Para regularizar esta situação, os beneficiários devem trazer os seguintes documentos para atualização dos seus dados:

  • Cartão de acompanhamento;
  • Número de Identificação Social (NIS);
  • Caderneta de vacinação das crianças;
  • Cartão das gestantes.

O cumprimento dessa condição deve ser feito semestralmente no ano e é muito importante para a manutenção do benefício. Mais de 300.000 pessoas assistiram ao julgamento em Fortaleza. Para isso, o indivíduo deve se dirigir a um dos 116 postos de saúde da cidade, com horário de atendimento das 7h às 19h.

Se a atualização não for realizada dentro do prazo, os beneficiários correm sério risco de sonegar ajuda ao Brasil. Além disso, outros programas de assistência, como assistência ao gás, podem ser afetados.

%d blogueiros gostam disto: