Pular para o conteúdo

Verificação de Aprovação no Bolsa Família

Bolsa Família

O Bolsa Família referente ao mês de julho foi finalmente liberado neste mês, e os beneficiários já estão recebendo suas parcelas.

No entanto, muitos participantes ainda não sabem como verificar o valor ou a data de liberação do benefício. Por isso, decidimos fornecer informações sobre todo o procedimento. Confira!

Os beneficiários do programa de transferência de renda do governo podem consultar suas parcelas através do CPF.

Dessa forma, as famílias conseguem verificar se receberão ou não seus valores no mês em questão. Abaixo, destacamos os meios para realizar esse processo.

  1. App do CadÚnico: É possível acompanhar a situação na aba “Meus Benefícios”. O aplicativo está disponível para Android e IOS.
  2. App do Bolsa Família: A consulta também pode ser feita através do CPF, e o aplicativo está disponível tanto para IOS quanto para Android.

Além disso, o procedimento de consulta pelo CPF pode ser realizado pelo site Portal Cidadão. O beneficiário deve acessar o site oficial e fazer o login com seu CPF, utilizando a mesma senha que é usada em aplicativos como o Caixa Trabalhador ou o Bolsa Família.

Dessa forma, os beneficiários poderão acompanhar de maneira mais fácil e rápida a liberação de seus benefícios, garantindo o acesso ao apoio financeiro necessário.

Quais valores estão liberados aos beneficiários do Bolsa Família?

Em relação aos adicionais do programa, destacamos o Benefício Primeira Infância e o Benefício Variável Familiar.

No primeiro, é liberada uma parcela de R$ 150 para cada criança de até seis anos. Já no segundo, é garantido um valor de R$ 50 para lactantes, gestantes e jovens entre sete e dezoito anos incompletos.

Com base nesses benefícios, o desenho das parcelas do Bolsa Família fica da seguinte forma:

  1. Parcela base: R$ 600;
  2. Parcela base com um adicional do Benefício Primeira Infância: R$ 750;
  3. Parcela base com dois adicionais (Benefício Primeira Infância e Benefício Variável Familiar): R$ 1.000;
  4. Para famílias com dez integrantes: R$ 1.420 através do Benefício de Renda de Cidadania.

O calendário completo do Bolsa Família em julho está detalhado a seguir:

Dígito final do NIS Data
1 18/07
2 19/07
3 20/07
4 21/07
5 24/07
6 25/07
7 26/07
8 27/07
9 28/07
0 31/07

Dessa forma, as famílias contempladas pelo programa podem se programar melhor para receberem seus benefícios de acordo com as datas estabelecidas, contribuindo para o auxílio financeiro e a melhoria das condições de vida.

“Lista dos Beneficiários que Receberão Visita do CRAS para Averiguação do Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda do Governo Federal do Brasil, criado em 2003, que visa combater a pobreza e a extrema pobreza no país.

Ele beneficia milhões de famílias em situação de vulnerabilidade, oferecendo ajuda financeira para suprir suas necessidades básicas.

Os adicionais mencionados no texto, o Benefício Primeira Infância e o Benefício Variável Familiar, são componentes importantes do programa que visam garantir uma atenção especial para determinados grupos de beneficiários.

O Benefício Primeira Infância é destinado às famílias que possuem crianças com idade até seis anos. Essa parcela adicional, no valor de R$ 150 por criança, tem como objetivo garantir um suporte financeiro específico para os cuidados e despesas relacionadas à primeira infância, uma fase crucial para o desenvolvimento das crianças.

Já o Benefício Variável Familiar é direcionado para três grupos distintos: lactantes (crianças de até seis meses de idade), gestantes e jovens entre sete e dezoito anos incompletos.

Essa parcela adicional, no valor de R$ 50 por membro elegível do grupo, visa auxiliar no enfrentamento de desafios específicos enfrentados por essas famílias, como alimentação adequada para as gestantes e bebês, além de incentivar a permanência dos jovens na escola.

O programa Bolsa Família é organizado em diferentes faixas de renda e possui critérios específicos para a inclusão das famílias, levando em conta sua situação socioeconômica. Além disso, as famílias precisam cumprir algumas condicionalidades, como a frequência escolar das crianças e o acompanhamento das vacinações, para continuarem recebendo o benefício.

Com a implementação dos adicionais, o Bolsa Família busca focar em áreas específicas de apoio, garantindo uma distribuição mais eficiente dos recursos e contribuindo para melhorar a qualidade de vida das famílias beneficiadas.

O programa também possui um calendário de pagamentos que varia mensalmente, estabelecendo datas específicas para a liberação das parcelas, o que auxilia os beneficiários a se organizarem financeiramente.

É importante destacar que o Bolsa Família é um programa fundamental no enfrentamento da pobreza e da desigualdade social no Brasil, proporcionando oportunidades para que as famílias possam melhorar suas condições de vida, ter acesso a serviços básicos e investir no futuro de suas crianças.