Auxílio Brasil de novembro

Você ficou de fora do Auxílio Brasil de novembro? Saiba como contestar a exclusão

 

O cronograma de pagamento do Auxilio Brasil para novembro já começou. De quinta-feira (17) a 30 deste mês, 20,65 milhões de segurados de carência receberão mensalidade de R$ 600.

Neste mês de novembro, o Auxílio Brasil é voltado para uma parcela da população brasileira que vive em situação de sensibilidade social. Não basta invocar tal condição, é preciso comprová-la à União para ter direito ao benefício.

Essa comprovação vem da inscrição no Cadastro Único (CadÚnico). O sistema coleta e coleta informações sobre a população de baixa renda e as redireciona para iniciativas sociais como Auxílio Brasil, Vale-Gás, Tarifa Social, etc.

Após ingressar no CadÚnico, o cidadão deve se enquadrar em uma das linhas de pobreza ou extrema pobreza, em que a renda familiar por pessoa pode variar de R$ 105 a R$ 210.

É fundamental que o cidadão mantenha todas as informações atualizadas para continuar a ser elegível ao programa Auxilio Brasil , caso contrário o benefício será cancelado.

Veja alguns dos motivos que levam à negação do Auxílio Brasil:

  1. Possuir dados do Cadastro Único desatualizados ou com informações incorretas;
  2. Manter uma frequência escolar mensal mínima de 60% para os alunos dos 4 aos 5 anos e de 75% para os alunos dos 6 aos 21 anos;
  3. Não estar com o calendário nacional de vacinação em dia;
  4. Ter renda familiar por pessoa (por pessoa) superior a R$ 210,00 por pessoa para famílias sem empregados registrados ou autônomos;
  5. Ter renda familiar per capita superior a R$ 525,00 por pessoa, quando empregado registrado, MEI ou beneficiário de outra fonte de renda.

Veja como contestar o Auxílio Brasil?

Se você preenche todos os requisitos para ter acesso ao Auxílio Brasil, mas ainda não recebeu os benefícios, o cidadão pode contestar a negativa. Para comprovar o direito ao benefício, o representante da família deve ir ao CRAS, onde fez o pré-cadastro no CadÚnico.

Na unidade, você precisará apresentar todos os documentos listados acima, os mesmos que permitiram o seu ingresso no regime do governo federal.

Como consulta do Auxílio Brasil em novembro?

Pelo aplicativo do Auxílio Brasil

As consultas do Auxílio Brasil em novembro só podem ser feitas com o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Primeiro de tudo, você precisa baixar o aplicativo do programa. A plataforma está disponível no Google Play e na App Store, disponível para Android e iOS.

Veja o passo a passo para consulta do Auxílio Brasil:

  1. Faça o download do aplicativo do Auxílio Brasil;
  2. Inicie o acesso inserindo o número do CPF;
  3. Em seguida, crie uma senha e conclua o acesso;
  4. Após entrar no aplicativo, na tela principal, clique no botão de consulta de valor;

Consulta pelo aplicativo do CadÚnico

Antes de tudo, é importante ressaltar a necessidade de ter a versão mais recente do aplicativo instalada no aparelho. Depois é só:

  1. Abrir o aplicativo do CadÚnico;
  2. No menu de opções, clicar em “Meus Benefícios”;
  3. Fazer login com a conta Gov.br;
  4. Os benefícios a que você tem direito serão apresentados na próxima página. são consultados o Auxílio Brasil; Auxílio Inclusão e Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Por telefone

Além das consultas online, existe outra alternativa que pode ser implementada por telefone. Basta ligar para um destes dois números:

  • Telefone 111: Central da Caixa Econômica Federal (CEF);
  • Telefone 121: Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania.

 

%d blogueiros gostam disto: