×

Nova Atualização Urgente do Aplicativo Bolsa Família e Caixa Tem Disponível Agora

Bolsa Família

Nova Atualização Urgente do Aplicativo Bolsa Família e Caixa Tem Disponível Agora

Recentemente, diversos beneficiários do Bolsa Família têm relatado uma preocupante atualização nos aplicativos do programa e do Caixa Tem.

Conforme os relatos, mesmo após a atualização das informações no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), aqueles com o benefício suspenso foram notificados sobre o cancelamento do auxílio mensal.

Nova Atualização Urgente do Aplicativo Bolsa Família e Caixa Tem Disponível Agora

Bolsa Família

É fundamental destacar que o CadÚnico é essencial para monitorar famílias brasileiras em situação de extrema pobreza, integrando-as a iniciativas assistenciais como o Bolsa Família.

Portanto, qualquer problema relacionado aos dados do CadÚnico impacta diretamente nos pagamentos dos benefícios.

Para assegurar a continuidade dos repasses, é crucial que o titular do benefício e seus dependentes mantenham seus dados cadastrais sempre atualizados.

Diante de qualquer alteração na renda ou composição familiar, o chefe da família deve informar as autoridades competentes, podendo fazê-lo em uma das unidades do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

Além disso, todos os beneficiários devem cumprir as condicionalidades relacionadas à saúde e à educação para evitar o cancelamento do auxílio pelo Governo Federal:

  1. Acompanhamento nutricional (tamanho e peso) de crianças até sete anos;
  2. Acompanhamento do pré-natal para gestantes beneficiárias;
  3. Adesão ao calendário nacional de vacinação, garantindo a aplicação de todos os imunizantes oferecidos pela rede de saúde brasileira;
  4. Manutenção da frequência escolar mínima para aqueles que ainda não concluíram o ensino fundamental.

É crucial entender a diferença entre suspensão, bloqueio e veto no Bolsa Família. Após a suspensão, os beneficiários têm 30 dias para regularizar a situação junto ao CRAS, apresentando os documentos necessários.

O Governo Federal, por sua vez, tem até 60 dias para avaliar os documentos e decidir sobre a retomada dos pagamentos, incluindo retroativos para os meses de suspensão.

Dessa forma, é de extrema importância que os beneficiários irregulares resolvam suas situações o mais rápido possível.

Quanto ao calendário, aqueles que estão dentro das normas aguardam ansiosamente pelos repasses referentes a fevereiro.

Grupo do Bolsa Família excluído programa Pé-de-Meia

A segunda rodada de pagamentos de 2024 terá início em 16 de fevereiro e seguirá até 29 de fevereiro. Ressalta-se que a ordem dos depósitos varia conforme o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário.

  • NIS terminado em 1: 16 de fevereiro;
  • NIS terminado em 2: 19 de fevereiro;
  • NIS terminado em 3: 20 de fevereiro;
  • NIS terminado em 4: 21 de fevereiro;
  • NIS terminado em 5: 22 de fevereiro;
  • NIS terminado em 6: 23 de fevereiro;
  • NIS terminado em 7: 26 de fevereiro;
  • NIS terminado em 8: 27 de fevereiro;
  • NIS terminado em 9: 28 de fevereiro;
  • NIS terminado em 0: 29 de fevereiro.

Entre para o nosso grupo no facebook! MEU INSS