×

Beneficiários do Bolsa Família recebem excelente notícia nesta sexta-feira (26)

Beneficiários do Bolsa Família

Beneficiários do Bolsa Família recebem excelente notícia nesta sexta-feira (26)

Uma ótima notícia foi divulgada nesta sexta-feira (26) para os Beneficiários do Bolsa Família, que agora podem comemorar. Uma nova parcela do programa foi liberada e as transações podem ser realizadas através do Caixa Tem. A seguir, destacamos os principais detalhes desse procedimento, confira.

Os beneficiários do Bolsa Família pertencentes ao grupo de NIS Final 7 são os contemplados com a parcela liberada hoje, dia 26 de maio. Além disso, é necessário que as famílias atendam aos critérios de elegibilidade, como ter uma renda per capita mensal de até R$ 218 e manter os dados atualizados no Cadastro Único.

Conforme informado pelo governo, os beneficiários podem receber um total de até R$ 1.200, pois há um benefício adicional sendo pago juntamente com o Bolsa Família.

Esse auxílio adicional é o Benefício Primeira Infância, que disponibiliza uma parcela de R$ 150 para cada criança de até seis anos. Portanto, no caso de famílias com quatro filhos nessa faixa etária, elas recebem um bônus de R$ 600.

Confira abaixo o calendário de pagamentos referente ao mês de maio:

Dígito final do NIS Data
1 18/05
2 19/05
3 22/05
4 23/05
5 24/05
6 25/05
7 26/05
8 29/05
9 30/05
0 31/05

Governo anuncia aumento no Bolsa Família

O Bolsa Família teve a confirmação dos novos valores por meio da assinatura da Medida Provisória (MP) nº 1.164. As definições estabelecidas na MP entrarão em vigor a partir de junho, conforme determinado no documento. A seguir, apresentamos todos os benefícios adicionais garantidos.

Primeiramente, temos o Benefício de Renda de Cidadania, no qual cada membro da família beneficiária do Bolsa Família receberá uma parcela de R$ 142.

Com esse adicional, os beneficiários poderão receber até R$ 1.420, no caso de uma família composta por dez pessoas. Conforme mencionado anteriormente, o pagamento terá início em junho.

Outro benefício é o Benefício Variável Familiar, que disponibiliza parcelas que variam entre R$ 20 e R$ 50 para determinados grupos de beneficiários do Bolsa Família.

Esses grupos são compostos por mulheres gestantes, mulheres lactantes e jovens entre sete e dezoito anos incompletos. Basta que essas informações estejam devidamente registradas no Cadastro Único, e os valores serão liberados.

Desde março, e confirmado para junho, temos o Benefício Primeira Infância, que concede uma parcela de R$ 150 para as famílias com crianças de até seis anos.

Além disso, teremos o Benefício Complementar e o Benefício Extraordinário de Transição para complementar o programa Bolsa Família. Por fim, o Auxílio Gás será retomado e pago a partir de junho.

Além dos benefícios mencionados anteriormente, é importante ressaltar que o aumento no Bolsa Família faz parte de um esforço do governo para ampliar a proteção social e combater a desigualdade. Com as novas medidas, espera-se que mais famílias em situação de vulnerabilidade possam ser alcançadas e beneficiadas pelo programa.

A inclusão do Benefício Variável Familiar, direcionado a mulheres gestantes, lactantes e jovens entre sete e dezoito anos, representa um reconhecimento da importância de garantir apoio específico a esses grupos. Essas parcelas adicionais auxiliam no custeio de despesas relacionadas à gestação, amamentação e necessidades dos jovens em fase de transição para a vida adulta.

O Benefício Primeira Infância é uma iniciativa fundamental para investir no desenvolvimento das crianças nos primeiros anos de vida. Sabemos que esse período é crucial para o crescimento saudável e formação adequada, e o auxílio financeiro destinado a essas famílias contribui para suprir algumas das necessidades básicas nessa fase tão importante.

Além disso, a inclusão dos Benefícios Complementar e Extraordinário de Transição busca fornecer um suporte adicional para famílias em situações específicas, garantindo que elas recebam o apoio necessário para superar dificuldades temporárias e caminhar em direção à autonomia financeira.

O retorno do Auxílio Gás é uma medida que visa auxiliar as famílias a arcarem com as despesas de um item essencial. Com a retomada desse benefício, espera-se aliviar parte do custo relacionado ao gás de cozinha, beneficiando diretamente os beneficiários do Bolsa Família.

Essas mudanças e adições no programa Bolsa Família são passos importantes para promover a inclusão social e melhorar as condições de vida de milhares de famílias em todo o país. O governo demonstra seu compromisso em fortalecer a assistência social e criar oportunidades para o desenvolvimento socioeconômico da população mais vulnerável.