×

Duas Mensagens Preocupantes para Beneficiários do Bolsa Família

bolsa familia

Duas Mensagens Preocupantes para Beneficiários do Bolsa Família

Milhões de beneficiários do Bolsa Família estão sendo impactados por duas mensagens que estão causando preocupação e incerteza.

Se você está acompanhando essa situação, fique por dentro de tudo o que precisa saber para agir com segurança.

A Primeira Mensagem: Qualificação Cadastral do Bolsa Família

A primeira mensagem que tem aparecido nos aplicativos do Cadastro Único está deixando muitas pessoas apreensivas. Ela menciona a “qualificação cadastral” da família.

Mas o que isso realmente significa?

O Ministério do Desenvolvimento Social implementou uma averiguação cadastral para cerca de 7 milhões de beneficiários do Bolsa Família. Isso envolve uma análise minuciosa dos dados para determinar a continuidade do benefício.

Recentemente, o governo federal realizou uma atualização cadastral, incluindo milhões de famílias nesse processo.

Portanto, se você encontrou essa mensagem em seu aplicativo, não se preocupe. Significa apenas que sua família está passando por essa verificação, e se você já atualizou seus dados, está tudo bem.

Calendário de Atualização

É crucial entender o calendário de atualização. Por exemplo, se você atualizou até 9 de fevereiro, receberá normalmente em março. Mas se a atualização ocorrer após essa data, o benefício só será retomado em abril.

A Segunda Mensagem: Alerta de Golpe

A segunda mensagem é ainda mais preocupante, pois alerta sobre o possível cancelamento ou bloqueio do benefício do Bolsa Família, pedindo uma atualização cadastral urgente.

Cuidado! Essas mensagens são golpes. Não clique em nenhum link fornecido. Golpistas podem clonar seus dados e causar prejuízos financeiros.

Como Agir?

Se você recebeu uma dessas mensagens, não entre em pânico. Aqui estão algumas medidas a serem tomadas:

  1. Não clique nos links: Seja por SMS ou em qualquer plataforma, evite clicar em links suspeitos.
  2. Denuncie o golpe: Registre um boletim de ocorrência na delegacia mais próxima.
  3. Proteja suas contas: Atualize suas senhas regularmente e não compartilhe informações pessoais online.
  4. Fique atento às comunicações oficiais: Lembre-se de que órgãos governamentais não solicitam atualizações por SMS.

Ao estar ciente dessas mensagens e agir com cautela, você protege seus dados e evita possíveis fraudes.

Para receber o Bolsa Família em 2024, é necessário atender aos seguintes requisitos:

  • Renda mensal per capita de até R$ 218,00. A renda per capita é calculada dividindo-se a renda total da família pelo número de pessoas que a compõem.
  • Estar cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O CadÚnico é um registro que reúne informações sobre as famílias brasileiras de baixa renda.
  • Comprovar frequência escolar das crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. As crianças e adolescentes de 6 a 17 anos devem estar matriculados na escola e frequentando as aulas regularmente.
  • Realizar acompanhamento de saúde de crianças e gestantes. As crianças de 0 a 6 anos e as gestantes devem ser acompanhadas pela rede de saúde pública.

Além desses requisitos, a família também deve cumprir com as regras estabelecidas pelo programa. Essas regras incluem:

  • Manter os dados atualizados no CadÚnico. As famílias devem informar ao governo qualquer alteração nos seus dados pessoais ou familiares.
  • Participar de ações e programas de assistência social. As famílias podem ser convidadas a participar de ações e programas de assistência social, como cursos profissionalizantes, atividades culturais e esportivas.

Os benefícios do Bolsa Família são pagos mensalmente por meio da Caixa Econômica Federal. O valor do benefício varia de acordo com a composição familiar e a renda per capita.

O pagamento do Bolsa Família em 2024 é creditado na conta Caixa Tem nos últimos 10 dias úteis de cada mês, de acordo com o final do Número de Identificação Social (NIS) do responsável familiar.

Os pagamentos começam no dia 16 de fevereiro e seguem até o dia 29, de forma escalonada, de acordo com o dígito final do Número de Identificação Social (NIS) das famílias beneficiárias.

A seguir, o calendário completo:

Data NIS final
16/02 1
19/02 2
20/02 3
21/02 4
22/02 5
23/02 6
24/02 7
25/02 8
26/02 9
27/02 0

O valor do benefício é de R$ 600 para todas as famílias beneficiárias, com acréscimos de R$ 150 para famílias com crianças de até 6 anos, R$ 50 para famílias com gestantes e R$ 50 para famílias com crianças de 7 a 17 anos ou recém-nascidos de até 6 meses.

Para consultar as datas de pagamento do Bolsa Família, as famílias beneficiárias podem acessar o aplicativo do programa ou entrar em contato com a Caixa Econômica Federal.

Consultar o Bolsa Família pelo WhatsApp é muito fácil!

Basta seguir estes passos:

1. Adicione o número do canal oficial do Bolsa Família à sua lista de contatos:

  • Número: +55 61 4042 1552
  • Nome: Zap do Bolsa Família

2. Abra o WhatsApp e envie uma mensagem com a palavra “Olá”.

3. Siga as instruções que o sistema irá fornecer.

Através do WhatsApp do Bolsa Família, você poderá:

  • Consultar o valor do seu benefício
  • Ver a data de pagamento
  • Saber se você está com algum pagamento em atraso
  • Atualizar seus dados cadastrais
  • Tirar dúvidas sobre o programa

O canal funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h.

Outras formas de consultar o Bolsa Família:

  • Aplicativo Caixa Tem: Baixe o aplicativo na App Store ou Google Play e acesse com seu CPF e senha.
  • Site do Ministério do Desenvolvimento Social: Acesse o site e clique em “Bolsa Família”.
  • Central de Atendimento da Caixa: Ligue para 111 ou 0800 726 0207.

Para se inscrever no Bolsa Família, a família deve procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da sua cidade. O CRAS é uma unidade pública que oferece serviços de assistência social às famílias em situação de vulnerabilidade social.

A inscrição no Bolsa Família é gratuita e não é necessário pagar nenhum valor para participar do programa.

Deixe uma resposta