×

Entendendo o Bolsa Família: Quem Receberá em Março e Quais Ações Tomar

Pagamentos do Bolsa Família de Abril

Entendendo o Bolsa Família: Quem Receberá em Março e Quais Ações Tomar

O Bolsa Família é um programa crucial para milhões de famílias brasileiras, proporcionando apoio financeiro essencial.

Neste artigo, vamos abordar detalhadamente quem receberá o Bolsa Família neste mês de março e quais medidas tomar em diferentes situações.

Quem Receberá o Bolsa Família em Março?

Para começar, é importante entender quem terá o benefício liberado neste mês. Se ao abrir o seu aplicativo do Bolsa Família você se deparar com um símbolo verde e a indicação do mês de março de 2024, parabéns, você está entre os beneficiários deste mês.

Da mesma forma, se houver a mensagem “benefício liberado” ou “liberado referência 3/2024”, isso confirma que você receberá o Bolsa Família.

Atenção às Mensagens no Aplicativo

No entanto, é crucial prestar atenção às mensagens adicionais que podem aparecer no seu aplicativo. Por exemplo, a mensagem “desligamento voluntário” é meramente informativa e não afeta o recebimento do benefício.

Da mesma forma, a mensagem sobre o uso do cartão é apenas uma sugestão e não indica problemas com o benefício.

Situações de Averiguação Cadastral

Algumas pessoas podem se deparar com mensagens de “convocação para averiguação cadastral”. Se isso ocorrer, não se preocupe.

Se o seu benefício estiver liberado no topo da tela, você receberá normalmente em março. No entanto, se você se encaixar no “público 6”, é essencial atualizar seus dados até o dia 15 de março para garantir o recebimento no próximo mês.

Quem Não Receberá em Março: Bloqueios e Averiguações

Para aqueles que encontrarem a mensagem de “bloqueado”, é fundamental agir rapidamente. Procure o CRAS e atualize seus dados até o dia 15 de março para receber no próximo mês.

Se a mensagem mencionar “averiguação”, siga as instruções para evitar o cancelamento do benefício.

A Importância da Atualização Cadastral

A atualização cadastral é crucial para garantir que o benefício do Bolsa Família seja mantido. Mesmo que não tenha filhos, se você receber uma mensagem de bloqueio, entre em contato com o CRAS para corrigir o erro.

Lembre-se, o prazo é até o dia 15 de março para evitar problemas no próximo mês.

Ações a Tomar em Casos de Problemas no Aplicativo

Se o seu aplicativo ainda estiver mostrando o pagamento de fevereiro em março, pode ser que você tenha sido bloqueado.

Entre em contato com o Ministério do Desenvolvimento Social para resolver a situação. Os aplicativos podem sofrer atualizações até o dia 12, portanto, aguarde até essa data antes de tomar medidas adicionais.

Contato do Ministério do Desenvolvimento Social

Opções de Contato:

Disque 121:

  • Telefone: 121 (de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h e durante os finais de semana do Calendário de Pagamento do Programa Bolsa Família, das 10h às 16h).
  • Atendimento para:
    • Beneficiários do Cadastro Único e programas sociais do MDS.
    • Orientações sobre programas e benefícios.
    • Consulta de saldo e extrato do benefício.
    • Agendamento de serviços.
    • Reclamações e denúncias.

A atualização cadastral é fundamental para garantir a continuidade do benefício. Se você tiver dúvidas ou problemas, não hesite em contatar as autoridades competentes.

Para receber o Bolsa Família em 2024, é necessário atender aos seguintes requisitos:

  • Renda mensal per capita de até R$ 218,00. A renda per capita é calculada dividindo-se a renda total da família pelo número de pessoas que a compõem.
  • Estar cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O CadÚnico é um registro que reúne informações sobre as famílias brasileiras de baixa renda.
  • Comprovar frequência escolar das crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. As crianças e adolescentes de 6 a 17 anos devem estar matriculados na escola e frequentando as aulas regularmente.
  • Realizar acompanhamento de saúde de crianças e gestantes. As crianças de 0 a 6 anos e as gestantes devem ser acompanhadas pela rede de saúde pública.

Além desses requisitos, a família também deve cumprir com as regras estabelecidas pelo programa. Essas regras incluem:

  • Manter os dados atualizados no CadÚnico. As famílias devem informar ao governo qualquer alteração nos seus dados pessoais ou familiares.
  • Participar de ações e programas de assistência social. As famílias podem ser convidadas a participar de ações e programas de assistência social, como cursos profissionalizantes, atividades culturais e esportivas.

Os benefícios do Bolsa Família são pagos mensalmente por meio da Caixa Econômica Federal. O valor do benefício varia de acordo com a composição familiar e a renda per capita.

Para se inscrever no Bolsa Família, a família deve procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da sua cidade. O CRAS é uma unidade pública que oferece serviços de assistência social às famílias em situação de vulnerabilidade social.

A inscrição no Bolsa Família é gratuita e não é necessário pagar nenhum valor para participar do programa.

Valor Bolsa Família?

O valor do Bolsa Família depende da composição familiar e da renda per capita.

Valor mínimo:

  • R$ 600,00 para todas as famílias.

Adicionais:

  • R$ 150,00 por criança menor de 7 anos.
  • R$ 50,00 por cada pessoa entre 7 e 18 anos incompletos, gestante ou lactante.

Exemplo:

  • Uma família com 2 adultos e 1 criança menor de 7 anos pode receber até R$ 900,00:
    • R$ 600,00 (valor mínimo) + R$ 150,00 (adicional por criança).

Para saber o valor exato do seu benefício:

  • Consulte o aplicativo Caixa Tem.
  • Acesse o site da Caixa Econômica Federal:
  • Ligue para a Caixa Econômica Federal pelo número 4004-0104 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 104 0104 (demais regiões).

Os pagamentos do Bolsa Família podem ser efetuados por diversos canais:

1. Conta Digital CAIXA Tem:

  • Esta é a forma mais comum de pagamento do Bolsa Família.
  • O aplicativo CAIXA Tem permite:
    • Consultar o saldo do benefício;
    • Sacar o dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal ou em casas lotéricas;
    • Transferir o dinheiro para outras contas;
    • Pagar contas e boletos;
    • Fazer compras em lojas online.

2. Cartão Bolsa Família:

  • O cartão Bolsa Família pode ser utilizado para:
    • Sacar o dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa Econômica Federal ou em casas lotéricas;
    • Fazer compras em lojas físicas que aceitem cartões de débito.

3. Unidades Lotéricas:

  • É possível sacar o benefício em qualquer unidade lotérica, mediante apresentação de documento de identidade com foto.

4. Agências da Caixa Econômica Federal:

  • O saque também pode ser realizado em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, mediante apresentação de documento de identidade com foto.

5. Correspondentes CAIXA Aqui:

  • Os Correspondentes CAIXA Aqui são pontos de atendimento autorizados pela Caixa Econômica Federal que oferecem diversos serviços, incluindo o saque do Bolsa Família.

O Caixa Tem oferece diversos benefícios além do pagamento do Bolsa Família, como:

Pagamentos de outros programas sociais:

  • Abono Salarial PIS/Pasep
  • Auxílio Brasil
  • Auxílio Gás
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC)
  • Seguro-desemprego

Serviços bancários:

  • Abertura de conta digital gratuita
  • Transferências de dinheiro (TED e DOC)
  • Pagamento de contas e boletos
  • Recarga de celular
  • Compra de créditos para jogos online
  • Saque de dinheiro em caixas eletrônicos da Caixa

Deixe uma resposta