Novas regras da prova de vida

Greve de Médicos do INSS deve atrasar 25 mil perícias

Os Peritos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) entraram em greve no Brasil nesta segunda-feira (31). A mobilização, apelidada de “Dia Nacional de Advertência pela Valorização da Perícia Médica Federal”, teve como objetivo pressionar o governo federal a reajustar os salários da categoria que reúne cinco mil servidores.

A Associação Nacional de Peritos Médicos Federais (ANMP), que está por trás da greve, estima pelo menos 25.000 pericias médicos serão afetadas.

Especialistas, um total de 5.000 as autoridades estão exigindo um aumento de 19,9%. A UE reservou 1,7 bilhão de reais no orçamento de 2022, mas não especificou quais categorias receberão o aumento.

A categoria exige um aumento de 19,9%, e a União reservou 1,7 bilhão de reais no orçamento de 2022, mas não especificou quais categorias receberão o aumento.

No entanto, o Ministério da Economia calcula que cada 1 ponto percentual de reajuste salarial custa R$ 3 bilhões por ano.

O motivo da mobilização, segundo os trabalhadores, foi uma “negociação claramente frustrada com a administração” que decidiu priorizar a causa da segurança pública.

 

.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: