×

INSS libera calendário de pagamento com reajuste nos benefícios

INSS libera calendário

INSS libera calendário de pagamento com reajuste nos benefícios

Foi divulgado o calendário de pagamentos do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) para 2023. Como de costume, o órgão dividiu os segurados entre os que ganham até um salário mínimo e os que recebem valores acima do limite nacional.

A partir de janeiro, todos os milhões de beneficiários terão pensões ajustadas, benefícios por invalidez e benefícios. O reajuste é baseado no salário mínimo, que por lei deve ser reajustado anualmente de acordo com a inflação acumulada do ano anterior.

Isso significa que o calendário divulgado pelo INSS já começa com números elevados para todos os mais de 36 milhões de pessoas que recebem benefícios e benefícios previdenciários hoje.

Veja quando o seu cai na conta.

Calendário do INSS para 2023

O pagamento da primeira parcela com o reajuste terá início em 25 de janeiro e término em 7 de fevereiro. É costume pagar o benefício do mês na primeira semana do mês seguinte.

Confira todas as datas de depósito de benefícios do INSS em 2023:

Fonte: INSS

Reajuste

O salário mínimo de 2023 previsto no orçamento é de R$ 1.320. As propostas para a lei orçamentária anual de 2023 oferecem aumentos salariais maiores do que as medidas provisórias assinadas pelo presidente da República Jair Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Esse seria o primeiro aumento acima da inflação em quatro anos. Além disso, o PLOA também prevê a reestruturação salarial dos servidores públicos federais.

Segundo a Secretaria-Geral da Presidência da República, os novos salários têm como base uma variação da inflação de 5,81 por cento, com um aumento real da renda de cerca de 1,5 por cento. O valor estava previsto no projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2023.

O atual salário mínimo é de R$ 1.212 e o novo valor proposto pela medida é de R$ 1.302, um aumento de R$ 90, que vale tanto para os salários dos servidores públicos quanto para os empregados da iniciativa privada, e também atinge diretamente os aposentados e benefícios da Previdência Social para pensionistas.