×

Novo Serviço de Assistência aos Beneficiários do Bolsa Família

Bolsa Família

Novo Serviço de Assistência aos Beneficiários do Bolsa Família

Neste artigo, vamos trazer uma excelente notícia para você que recebe o benefício do Bolsa Família mensalmente e está em busca de informações relacionadas ao pagamento de abril.

Todos os meses, os beneficiários do programa Bolsa Família passam por um momento de aflição aguardando a atualização dos aplicativos acontecerem para ter a ciência se vão ou não receber as parcelas.

Pensando em auxiliar nesta consulta e tornando o procedimento ainda mais fácil, o Ministério do Desenvolvimento Social anunciou para a população recentemente o Disque Social 121, que será mais uma plataforma de assistência aos cidadãos do Brasil.

Funcionamento do Disque Social 121

O Ministério do Desenvolvimento Social inaugurou recentemente o novo serviço denominado Disque Social 121 com a presença do ministro Wellington Dias, que celebrou mais uma plataforma de assistência aos cidadãos e cidadãs do Brasil.

Esta novidade foi divulgada oficialmente no próprio site do MDS.

O Disque Social 121 é oficialmente lançado pelo MDS para atender a quem mais precisa. O ministro Wellington Dias destacou a importância deste novo canal de comunicação em pronunciamento.

Ele disse o seguinte: “Em nosso ministério, já tínhamos um meio de interação, porém nem sempre era eficaz. Por vezes, as pessoas entravam em contato com a ouvidoria, mas não obtinham respostas satisfatórias. Hoje, fico satisfeito com os resultados da atual ouvidoria.

Quando alguém liga para o Disque Social, o atendente coleta informações, acessa o nosso banco de dados, identifica o problema e fornece uma solução bem rápida.

O atendente explica a situação, orienta o cidadão ou cidadã e indica o próximo passo a seguir e onde encontrar ajuda para resolver este problema”.

O Disque Social 121 representa um serviço telefônico de grande relevância para os usuários do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) e os beneficiários de programas sociais.

Ele se dedica a dialogar com pessoas em situação de vulnerabilidade ou necessidade social, oferecendo suporte e informações relacionadas a questões sociais, serviços públicos e recursos disponíveis.

Importância da Informação nos Direitos Humanos

Eliana Pinto, a ouvidora geral do MDS, destacou o papel crucial da informação nos direitos humanos, comparando a importância da alimentação e da liberdade.

De janeiro a setembro de 2023, a ouvidoria geral da MDS recebeu mais de 40.000 chamadas.

Em setembro, o órgão lançou o prazo de apenas dois dias úteis para resolver as demandas apresentadas, tornando-se a ouvidoria federal mais ágil na resposta aos cidadãos.

A ouvidoria comemorou esta conquista e enfatizou a importância de combater as notícias falsas, responder aos cidadãos em tempo real e dar voz às pessoas para expressarem as suas preferências quanto aos serviços públicos.

Canais de Comunicação

Carlos Freita, presidente da Central IT, explicou que a unidade de atendimento está preparada para ouvir os cidadãos, não apenas por telefone, mas também por meio de outros canais de comunicação, como WhatsApp, redes sociais, portal de atendimento e quaisquer novos canais que venham a surgir.

Glauber Rácio, coordenador do contrato da Central IT com o MDS, começou como operador em 2012 e agora supervisiona cerca de 600 operadores que atendem uma variedade de demandas, principalmente relacionadas ao programa Bolsa Família.

Ele ressaltou a importância do programa e outros benefícios associados ao Cadastro Único, como a isenção de taxas de concurso público, tarifa social de energia elétrica e o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Muitos cidadãos entram em contato para esclarecer dúvidas e verificar o seu estatus no cadastro. Letícia Araújo, uma operadora da ouvidoria do MDS há 5 anos, atende em média 80 chamadas por dia.

Ela enfatizou a gratificação de orientar as pessoas que mais precisam de informações, ajudando-as a garantir os seus direitos fundamentais como alimentação e necessidades básicas.

Horário de Atendimento

O horário de atendimento da ouvidoria é de segunda a sexta-feira, das 7 horas da manhã às 7 horas da noite, e também nos finais de semana durante os períodos de pagamento do programa Bolsa Família.

Além do número de telefone, também está disponível o atendimento via WhatsApp.

Atualizações do Programa Bolsa Família para Abril

O novo portal, Disque Social 121, já contém as informações do programa Bolsa Família para o mês de abril. No entanto, as atualizações só se iniciam a partir do dia 10, próxima quarta-feira.

Sendo assim, para aqueles que estão ansiosos aguardando por comunicados acerca do benefício assistencial, aconselhamos que aguardem, pois em breve o sistema passará por atualizações e todos terão acesso aos valores e às datas relacionadas ao pagamento do mês de abril.

Pagamentos do Bolsa Família de Abril

Em abril, o programa Bolsa Família está oferecendo novos benefícios aos seus beneficiários, incluindo o retorno do Auxílio-Gás.

Os valores adicionais variam dependendo da composição familiar, sendo destinados especialmente a gestantes, nutrizes e crianças.

O Auxílio Gás tem um valor fixo de R$ 102 neste mês, podendo sofrer variações de acordo com o preço médio do botijão nos últimos seis meses.

É importante destacar que os pagamentos são cumulativos, o que significa que os beneficiários podem receber o valor base do Bolsa Família juntamente com os adicionais, proporcionando uma renda mais substancial para as famílias neste período.

Abaixo, apresentamos a composição detalhada dos pagamentos para o mês de abril:

– R$ 600: valor base do Bolsa Família para todos os inscritos;
– R$ 50: adicional para cada gestante ou nutriz na família;
– R$ 150: adicional para cada criança com até 6 anos de idade na família;
– R$ 50: adicional para cada criança ou adolescente entre 7 e 18 anos incompletos;
– R$ 102: valor do Auxílio Gás em abril.

O processo de pagamento do Bolsa Família é estruturado e eficiente, iniciando nos últimos dez dias úteis de cada mês conforme o calendário tradicional.

A distribuição dos valores é organizada de acordo com o Número de Inscrição Social (NIS) do responsável familiar, garantindo uma alocação justa e transparente.

Os recursos são depositados diretamente na conta corrente da Caixa Tem, proporcionando praticidade e segurança aos beneficiários.

Mesmo para aqueles que não possuem conta na Caixa Tem, uma é aberta automaticamente, simplificando o acesso aos benefícios.

Os saques podem ser realizados de maneira conveniente em caixas eletrônicos da Caixa ou em casas lotéricas.

Além disso, o cartão do Bolsa Família possibilita a realização de compras em diversos estabelecimentos comerciais, promovendo o uso adequado dos recursos e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida dos beneficiários.

Para receber o Bolsa Família em 2024, é necessário atender aos seguintes requisitos:

  • Renda mensal per capita de até R$ 218,00. A renda per capita é calculada dividindo-se a renda total da família pelo número de pessoas que a compõem.
  • Estar cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O CadÚnico é um registro que reúne informações sobre as famílias brasileiras de baixa renda.
  • Comprovar frequência escolar das crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. As crianças e adolescentes de 6 a 17 anos devem estar matriculados na escola e frequentando as aulas regularmente.
  • Realizar acompanhamento de saúde de crianças e gestantes. As crianças de 0 a 6 anos e as gestantes devem ser acompanhadas pela rede de saúde pública.

Além desses requisitos, a família também deve cumprir com as regras estabelecidas pelo programa. Essas regras incluem:

  • Manter os dados atualizados no CadÚnico. As famílias devem informar ao governo qualquer alteração nos seus dados pessoais ou familiares.
  • Participar de ações e programas de assistência social. As famílias podem ser convidadas a participar de ações e programas de assistência social, como cursos profissionalizantes, atividades culturais e esportivas.

Os benefícios do Bolsa Família são pagos mensalmente por meio da Caixa Econômica Federal. O valor do benefício varia de acordo com a composição familiar e a renda per capita.

Para se inscrever no Bolsa Família, a família deve procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da sua cidade. O CRAS é uma unidade pública que oferece serviços de assistência social às famílias em situação de vulnerabilidade social.

A inscrição no Bolsa Família é gratuita e não é necessário pagar nenhum valor para participar do programa.

Deixe uma resposta