Taxa de juros do cartão de crédito – Veja como se calcula

Taxa de juros do cartão de crédito

A taxa de juros do cartão de crédito é a quantia que você paga pelo privilégio de usar o crédito que o cartão oferece. As taxas de juros do cartão de crédito variam dependendo do tipo de cartão e do emissor.

Será que você consegue acertar essa?

Clique aqui e veja a resposta certa!

Alguns cartões de crédito têm uma taxa de juros fixa, enquanto outros têm uma taxa de juros variável que é ajustada com base em um índice de referência, como o índice de taxa de juros de mercado.

É importante prestar atenção à taxa de juros do seu cartão de crédito, pois ela pode afetar o quanto você paga pelo uso do crédito. Se você tiver um saldo no cartão de crédito e não pagar o valor total do saldo no final do mês, será cobrada uma taxa de juros sobre o saldo.

Quanto maior a taxa de juros, mais caro será o uso do crédito. Por isso, é importante comparar as taxas de juros de diferentes cartões de crédito e escolher aquele que oferecer a menor taxa de juros.

Os cartões de crédito são ótimas ferramentas para o seu dia a dia. Com ele, você pode parcelar ou até mesmo à vista e pagar só no mês seguinte.

Porém, como a utilização desse serviço se tornou um hábito para muitos, vale ficar atento a uma questão: os juros do cartão.

Sim, embora muitos bancos não cobrem taxas e anuidades, se suas contas atrasarem, você será cobrado o que é conhecido como juros rotativos do cartão de crédito. Além disso, quando você paga em parcelas, também pode ter que pagar juros.

Por isso, no texto a seguir, você aprenderá como são calculadas as taxas de juros do cartão de crédito e como evitar pagar tantos juros!

Entenda a cobrança de juros no seu cartão de crédito

Então, como explicamos, os juros do cartão de crédito são cobrados em duas situações. O primeiro é o caso do atraso no pagamento das faturas do cartão.

Isso acontece porque você comprou o produto parcelado, mas já levou para casa. Para que isso aconteça, você paga um valor específico de juros a cada parcela.

A segunda forma de pagar juros é quando você decide parcelar no cartão de crédito. Nesse caso, se você fizer o pagamento mínimo da fatura, além dos 2% de atraso, pagará também o que se chama de crédito rotativo, acrescido de 1% de juros mensais de atraso.

Os juros do cartão de crédito variam de banco para banco, mas chegam a 346% ao ano.

Outra forma de pagar os juros do cartão é parcelado. No entanto, as taxas de juros costumam ser mais altas, tornando sua dívida uma verdadeira bola de neve.

Afinal, todo mês, você tem que pagar essa parcela com juros em cima das suas despesas normais.

E como o banco calcula a taxa de juros do cartão?

Com juros recorrentes, como explicamos, você tem que pagar juros sobre a diferença entre o valor pago na fatura e o valor total.

Ou seja: se a fatura for de 2.000 reais, e você pagar apenas 300 reais (o valor mínimo), o banco calculará os juros do cartão de crédito com base nos 1.700 reais restantes.

Digamos que sua taxa de juros seja de 14% ao mês. Dessa forma, você pagará os R$ 1.700 restantes no próximo mês, mais 14% desse valor (R$ 238), mais multa de mora de 2% (R$ 34), mais multa de mora a cada 1% (R$ 17). , o total é de R$ 1.989.

Portanto, o truque para evitar os juros do cartão de crédito é simples: pague suas contas na data de vencimento.

Se precisar parcelar, o controle financeiro precisará ser reforçado nos próximos meses para quitar a dívida. Claro, se possível, pesquise opções com taxas recorrentes menores no mercado.

%d blogueiros gostam disto: