×

Valores do Bolsa Família: Como são definidos e calendário de pagamentos

Valores do Bolsa Família

Valores do Bolsa Família: Como são definidos e calendário de pagamentos

Calendário de repasses do Bolsa Família em dezembro e benefícios extras

Bolsa Família: Saiba como são definidos os valores repassados

O Bolsa Família é um programa social do governo que tem como objetivo auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade econômica.

As quantias repassadas pelo programa são definidas através da soma dos benefícios que cada família tem direito, levando em consideração as características dos beneficiários, que são obtidas a partir dos dados do Cadastro Único.

É importante ressaltar que algumas famílias podem receber valores maiores, devido à inclusão de benefícios adicionais. Um exemplo disso é o repasse de um valor extra de R$ 300 para as famílias que possuem duas crianças de até 6 anos.

Com isso, essas famílias recebem um pagamento mensal de R$ 900. Essa quantia adicional é resultado do Benefício Primeira Infância, que visa garantir um suporte financeiro para as famílias nessa fase importante do desenvolvimento das crianças.

Além disso, o Bolsa Família também oferece outros valores liberados pelo programa, que são:

  • R$ 142 – para cada integrante da família, de qualquer idade;
  • R$ 600 – valor mínimo da parcela;
  • R$ 150 – do Benefício Primeira Infância, para cada criança de zero a seis anos;
  • R$ 50 – do Benefício Variável Familiar, para cada gestante e cada criança e adolescente de 7 a 18 anos.

É importante ressaltar que a análise dos dados da família no cadastramento é fundamental para confirmar o direito aos valores adicionais.

Por isso, é necessário manter o Cadastro Único com informações corretas e atualizadas. A atualização dos dados pode ser feita em um CRAS (Centro de Referência da Assistência Social).

Calendário de pagamentos do Bolsa Família em Janeiro 2024

O calendário do Bolsa Família de janeiro de 2024 ainda não foi oficialmente publicado pelo Ministério da Cidadania. No entanto, baseando-se em previsões de meses precedentes, é possível que os pagamentos comecem a ser efetuados a partir do dia 18 de janeiro.

O calendário previsto é o seguinte:

NIS final Data de pagamento
1 18 de janeiro
2 19 de janeiro
3 22 de janeiro
4 23 de janeiro
5 24 de janeiro
6 25 de janeiro
7 26 de janeiro
8 29 de janeiro
9 30 de janeiro
0 31 de janeiro

Ainda não há informações sobre o valor das parcelas do Bolsa Família em janeiro de 2024. No entanto, o governo avalia inicialmente um reajuste linear de 4%, passando a R$ 710,00 mensais.

Para consultar o calendário oficial do Bolsa Família, basta acessar o site do Ministério do Desenvolvimento Social ou o aplicativo Caixa Tem.

Para receber o Bolsa Família em 2024, é necessário atender aos seguintes requisitos:

  • Renda mensal per capita de até R$ 218,00. A renda per capita é calculada dividindo-se a renda total da família pelo número de pessoas que a compõem.
  • Estar cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). O CadÚnico é um registro que reúne informações sobre as famílias brasileiras de baixa renda.
  • Comprovar frequência escolar das crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. As crianças e adolescentes de 6 a 17 anos devem estar matriculados na escola e frequentando as aulas regularmente.
  • Realizar acompanhamento de saúde de crianças e gestantes. As crianças de 0 a 6 anos e as gestantes devem ser acompanhadas pela rede de saúde pública.

Além desses requisitos, a família também deve cumprir com as regras estabelecidas pelo programa. Essas regras incluem:

  • Manter os dados atualizados no CadÚnico. As famílias devem informar ao governo qualquer alteração nos seus dados pessoais ou familiares.
  • Participar de ações e programas de assistência social. As famílias podem ser convidadas a participar de ações e programas de assistência social, como cursos profissionalizantes, atividades culturais e esportivas.

Os benefícios do Bolsa Família são pagos mensalmente por meio da Caixa Econômica Federal. O valor do benefício varia de acordo com a composição familiar e a renda per capita.

Para se inscrever no Bolsa Família, a família deve procurar um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da sua cidade. O CRAS é uma unidade pública que oferece serviços de assistência social às famílias em situação de vulnerabilidade social.

A inscrição no Bolsa Família é gratuita e não é necessário pagar nenhum valor para participar do programa.

Deixe uma resposta