×

13º do Bolsa Família concedido em alguns municípios: Confira se você tem direito!

Bolsa Família

13º do Bolsa Família concedido em alguns municípios: Confira se você tem direito!

Negação do 13º do Bolsa Família em 2023: Desvendando boatos e esclarecendo os fatos. Nas redes sociais, circulam notícias antigas afirmando que o governo  pagará o 13º do Bolsa Família este ano, o que não é verdade.

O Ministério do Desenvolvimento Social anunciou em março que não haveria parcela extra em 2023. O adicional foi distribuído apenas em 2019, durante o governo Bolsonaro.

Bolsa Família

Esclarecimento sobre o 13º do Bolsa Família

O 13º em 2019 foi temporário e não se tornou permanente. A proposta de torná-lo permanente não foi aprovada pelo Congresso. Alegou-se falta de verba na época.

Há alegações nas redes de que Lula cortou o 13º, mas os beneficiários o receberam apenas em 2019. Desde o anúncio, há questionamentos sobre a disponibilidade em dezembro.

O MDS confirmou que o 13º não seria concedido, mas em alguns estados, como Paraíba e Pernambuco, beneficiários recebem um bônus natalino estadual.

Quem tem direito ao bônus em dezembro?

Em alguns estados, como Paraíba e Pernambuco, há pagamentos adicionais, não vinculados ao governo federal.

O 13º é incompatível com o Bolsa Família

O abono natalino foi pago em 2019, mas não se repetiu. Apesar de discussões sobre o 13º em 2023, líderes afirmam que não será concedido devido a questões orçamentárias e financeiras, causando aumento de despesas e redução de receitas.

Atualização na Pensão por Morte: Alterações Podem Reduzir ou Suspender o Benefício

Governo da Paraíba pagará o Abono Natalino a 693 mil famílias a partir do dia 11 de dezembro

Abono Natalino 2023: Paraíba contempla mais de 693 mil famílias do Bolsa Família

O Governo da Paraíba anunciou o pagamento do Abono Natalino/2023, beneficiando 693 mil famílias cadastradas no Programa Bolsa Família nos 223 municípios paraibanos. Os investimentos, no valor de R$ 47,7 milhões, provêm dos recursos próprios do Tesouro do Estado.

A gestão do Abono Natalino fica a cargo da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh), que realizará o pagamento de R$ 64,00 para cada família.

O crédito será efetuado nas contas da Caixa Econômica, seguindo o mesmo calendário do Bolsa Família e a ordem crescente de terminação do Número de Identificação Social (NIS).

Os beneficiários poderão sacar o abono em agências da Caixa, Casas Lotéricas ou correspondentes Caixa Aqui, em todo o país.

Pollyanna Dutra, Secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, ressaltou a importância do auxílio para as famílias, destacando o investimento de mais de 693 mil famílias na Paraíba.

O Abono Natalino não apenas atende às necessidades iniciais das famílias, mas também impulsiona o mercado local, beneficiando setores como farmácias e mercados.

A escolha de manter o pagamento via agências da Caixa Econômica visa oferecer mais comodidade aos beneficiários, aproveitando a infraestrutura já utilizada para o recebimento de benefícios do Programa Bolsa Família.

O Abono Natalino é parte do Programa de Transferência de Renda, complementando a renda de famílias em situação de extrema pobreza vinculadas ao Bolsa Família.

O pagamento segue os dados do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, com base nas informações da folha de pagamento de outubro.

Para receber o Abono Natalino, os beneficiários devem apresentar documento de identificação com foto, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o Cartão do Número de Identificação Social (NIS).

Acesse: Meu Bolsa Família