Pular para o conteúdo

Liberada lista de NIS que vão receber o Bolsa Família antecipado

  • por
NIS

O anúncio da lista de Números de Identificação Social (NIS) que receberão o Bolsa Família de forma antecipada é uma notícia de grande importância para milhões de famílias brasileiras que dependem desse auxílio para enfrentar as dificuldades financeiras.

Essa medida demonstra o compromisso do governo em agir prontamente para garantir o suporte necessário àqueles que mais necessitam, especialmente em tempos de desafios econômicos e sociais.

A antecipação dos pagamentos do Bolsa Família, direcionada para os beneficiários com NIS específicos, visa proporcionar um alívio financeiro mais rápido, permitindo que essas famílias atendam às suas necessidades básicas de maneira mais eficaz.

Além disso, essa ação contribui para a promoção da estabilidade econômica nas comunidades locais, uma vez que os recursos são injetados no mercado de forma antecipada, estimulando o consumo e fortalecendo a economia em nível regional.

É fundamental que os beneficiários estejam atentos à lista de NIS contemplados com a antecipação, verificando se fazem parte desse grupo.

Dessa forma, poderão se preparar para receber o benefício antes do previsto, o que pode fazer toda a diferença em suas vidas e na de suas famílias.

Essa iniciativa reforça a importância do Bolsa Família como um programa essencial para a redução da desigualdade e para o apoio àqueles que mais precisam, contribuindo para um Brasil mais justo e inclusivo.

O programa Bolsa Família está prestes a iniciar os pagamentos referentes ao mês de setembro, e é importante destacar que duas categorias de beneficiários terão a oportunidade de receber suas parcelas de forma antecipada.

Essa antecipação é um ponto relevante a ser considerado, e para garantir o acesso aos recursos, é fundamental que os beneficiários estejam atentos ao aplicativo do Caixa Tem, onde os valores serão disponibilizados.

Nesse contexto, a antecipação dos pagamentos no programa Bolsa Família representa uma medida que pode trazer benefícios significativos para as famílias de baixa renda.

A possibilidade de receber o auxílio de forma antecipada pode ajudar a aliviar as dificuldades financeiras que muitas dessas famílias enfrentam, permitindo o acesso a recursos essenciais de forma mais rápida e eficaz.

É importante ressaltar que essa antecipação não ocorre para todos os beneficiários, mas sim para aqueles que atendem a critérios específicos, como os que possuem o Número de Identificação Social (NIS) contemplados nesse processo.

Portanto, é crucial que os beneficiários verifiquem se fazem parte desse grupo para não perderem a oportunidade de receber o benefício de forma antecipada neste mês.

Em resumo, a antecipação dos pagamentos do Bolsa Família é uma medida importante que visa fornecer suporte financeiro de maneira mais ágil às famílias em situação de vulnerabilidade.

Aqueles que se enquadram nos critérios estabelecidos devem estar atentos ao aplicativo do Caixa Tem para garantir o acesso oportuno aos recursos.

Essa iniciativa demonstra o compromisso em oferecer assistência às camadas mais necessitadas da população, contribuindo para a melhoria das condições de vida dessas famílias.

Em primeiro lugar, é preciso que os beneficiários do NIS precisam: 

  • Manter o Cadastro Único atualizado;
  • Respeitar as condicionalidades do Bolsa Família;
  • Apresentar renda per capita mensal de até R$ 218.

A antecipação dos pagamentos para aqueles com NIS Final 1 ou 6 se baseia em um calendário que visa distribuir de forma equitativa os recursos disponíveis ao longo do mês.

Isso não apenas ajuda as famílias a gerenciar suas despesas de maneira mais eficaz, mas também tem um impacto positivo na economia local, uma vez que esses recursos são injetados no mercado de forma escalonada, estimulando o consumo e contribuindo para o fortalecimento da economia em nível regional.

Além disso, essa antecipação é um exemplo de como o programa Bolsa Família continua a evoluir e se adaptar às necessidades da população beneficiária.

Proporcionar maior flexibilidade e rapidez no acesso aos recursos é fundamental para garantir que as famílias em situação de vulnerabilidade possam enfrentar seus desafios financeiros de maneira mais eficaz e, assim, construir um caminho mais seguro em direção a um futuro melhor.

Portanto, essa antecipação dos pagamentos do Bolsa Família não só representa um suporte financeiro adicional para as famílias de NIS Final 1 ou 6, mas também demonstra o compromisso contínuo do programa em atender às necessidades prementes daqueles que mais necessitam, promovendo o bem-estar social e econômico em nossa sociedade.

Abaixo, informamos o calendário completo do programa para vocês. Confira: 

  • Final do NIS 1 – 18 (liberado dia 16/09);
  • Final do NIS 2 – 19;
  • Final do NIS 3 – 20;
  • Final do NIS 4 – 21;
  • Final do NIS 5 – 22;
  • Final do NIS 6 – 25 (liberado dia 23/09);
  • Final do NIS 7 – 26;
  • Final do NIS 8 – 27;
  • Final do NIS 9 – 28;
  • Final do NIS 0 – 29.

Valores do Bolsa Família liberados

Temos as seguintes quantias liberadas pelo Bolsa Família em setembro:

  • Benefício padrão: uma parcela mínima de R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância: uma parcela adicional de R$ 150 para cada criança de até seis anos;
  • Benefício Variável Familiar: uma quantia adicional de R$ 50 para lactantes, gestantes e jovens entre sete e dezoito anos incompletos;
  • Benefício de Renda de Cidadania: uma parcela de R$ 142 por cada integrante do Bolsa Família até completar o valor de R$ 600, mas podendo passar desta quantia caso existam mais integrantes.

Como realizar o saque do Bolsa Família?

Para acessar os seus valores depositados, o beneficiário do Bolsa Família também pode fazer a consulta usando a internet, pelo aplicativo Caixa Tem, disponível para Android e iOS.

Essa opção oferece comodidade e praticidade, permitindo que os beneficiários acompanhem o saldo e os depósitos de forma rápida e segura.

Além disso, existem outras formas de consultar os valores do Bolsa Família. Uma delas é por meio do telefone, ligando para a central de atendimento da Caixa Econômica Federal, onde os atendentes podem fornecer informações sobre os depósitos e esclarecer dúvidas relacionadas ao programa.

Outra alternativa é ter acesso à conta em que o dinheiro é depositado. Para muitos beneficiários, o Bolsa Família é depositado em uma conta poupança social digital da Caixa Econômica Federal.

Nesse caso, é possível consultar o saldo e realizar movimentações financeiras por meio do aplicativo Caixa Tem, como mencionado anteriormente, ou ainda por meio de caixas eletrônicos da Caixa e agências bancárias.

Essas diferentes opções de consulta visam garantir que os beneficiários tenham fácil acesso às informações relacionadas ao seu benefício, facilitando o acompanhamento e a gestão dos recursos recebidos.

Isso contribui para que as famílias beneficiárias do Bolsa Família possam utilizar os recursos de forma eficaz, atendendo às suas necessidades básicas e promovendo uma melhoria em sua qualidade de vida.

O passo a passo do saque da parcela do benefício está exposto a seguir:

  1. Abra o aplicativo Caixa Tem;
  2. Vá em “Entrar”;
  3. Selecione a opção “Saque sem Cartão”;
  4. Clique em “Gerar código para saque”;
  5. Digite sua senha;
  6. Digite o código numérico no caixa eletrônico ou na lotérica.